Onde ficar em Cape Town: Radisson Blu Waterfront – a melhor localização!

Cape Town é uma cidade de unanimidades. Não há quem não concorde que a Table Mountain é um espetáculo, por exemplo. Quer mais uma? Não conheço uma viva alma que não tenha adorado a atmosfera vibrante dali. Outra? Pergunte a qualquer um onde ficar em Cape Town e a resposta será: V&A Waterfront. O complexo a céu aberto – repleto de lojas e restaurantes – é mais que um centro comercial, trata-se de um dos principais pontos turísticos da cidade. O lugar onde todos vão e, certamente, o lugar onde você vai querer estar. Então, nada melhor que reservar um bom hotel por ali, certo? Foi exatamente isso o que nos motivou a escolher o Radisson Blu Waterfront.

O hotel foi um verdadeiro achado. A metros de distância de V&A Waterfront, de frente pro mar, com quartos lindos e excelente estrutura de lazer e bem-estar, além de toda a credibilidade de uma das mais importantes marcas da hotelaria mundial. Tudo isso com o melhor custo-benefício da região. Tá bom ou quer mais?

Na matéria abaixo a gente conta tudo o que rolou durante nossa estada por lá. Se você ainda tem dúvidas sobre onde ficar em Cape Town, pode relaxar… aposto que até o final da matéria você terá a sua reposta!

 

 

ONDE FICAR EM CAPE TOWN – RADISSON BLU WATERFRONT

Ele é o que se pode chamar de escolha acertada, combo do sucesso ou qualquer outro termo que possa ser traduzido para “um hotel incrível, bem localizado e com preço justo”. O Radisson Blu Waterfront logo chamou nossa atenção quando começamos a pesquisar por um hotel em Cape Town. Sabíamos que a melhor localização era nos arredores de V&A Waterfront e reduzimos nossa pesquisa àquela parte da cidade. Você vai encontrar muitos hotéis verdadeiramente bons por ali, mas, se quer a minha opinião, aí vai: o Radisson Blu Waterfront é o que garante a melhor relação entre custo e benefícios dentre todos eles.

Pra começar, trata-se de um 5 estrelas administrado por uma marca com mais de 50 anos de história. A somatória disso tudo resulta em nada menos que a oferta de serviços e comodidades exclusivas, ambientes agradáveis e equipe absolutamente bem treinada. Do momento que você é recepcionado no Radisson Blu Waterfront até o check-out, tudo é coordenado para que a experiência seja a melhor possível.

O hotel tem temática náutica – uma escolha apropriada para uma propriedade à beira do mar – e arquitetura moderna. Seu saguão principal é bastante amplo e conta com uma loja, alguns espaços de convivência, além de business center, recepção e serviços de concierge – que funcionam 24h por dia, sempre com funcionários simpáticos e prontos a atender qualquer necessidade do hóspede. Neste mesmo saguão, você encontrará ainda os acessos ao restaurante Tobago, ao centro de bem-estar e SPA Amani e à marina privativa do hotel.

E por falar em SPA Amani, é exatamente aqui que, ao meu ver, o hotel ganha pontos no quesito exclusividade. Vamos lá… uma piscina aquecida de hidroterapia com jatos de massagem cai bem pra você? E uma academia com horário de funcionamento estendido e diversos equipamentos de excelente qualidade? Parece bom, né? Acrescente aí um gama de tratamentos de SPA – faciais e corporais – e um salão de cabeleireiro completo e unissex com as melhores linhas de cosméticos do mercado. É ou não é um centro de bem-estar completo? Mas acredite: o Radisson Blu vai além. Você já ouviu falar em Terapia com Sal? Pois é… nada mais é do que um tratamento 100% natural, livre de riscos ou fármacos, que promete tratar e controlar uma série de doenças e alergias. Ficou curioso pra testar? Essa é a chance. O Radisson Blu Waterfront possui o único “salar” – sala de Terapia com Sal – da Cidade do Cabo. Não é demais?

A marina privativa do Radisson Blu Waterfront também é um diferencial e tanto e merece destaque. Um hotel de frente para o mar já é fantástico, mas um hotel de frente para o mar com uma marina exclusiva, juro, é ainda melhor. À primeira vista, não há nada excepcional… é simplesmente uma marina, como qualquer outra. Mas experimente visita-la durante o nascer ou pôr-do-sol, tire alguns minutinhos da correria das férias para ver o tempo passar enquanto as ondas batem no quebra-mar. Com um pouquinho de sorte, você poderá ganhar a companhia de algumas focas, lontras ou, quem sabe, ver alguns golfinhos ou baleias no horizonte. Me diz se não parece um programa delicioso? Melhor ainda que ele possa ser feito sem nem sair do hotel!

Pra fechar a lista de serviços e comodidades com chave de ouro, ainda há uma piscina com borda infinita e vista para o mar (e para a famosa Robben Island), estacionamento com manobrista, wi-fi gratuito e ilimitado em todo o hotel, translado de e para o aeroporto da Cidade do Cabo, serviço de babá mediante solicitação, uma estação de jogging (com mapa de circuitos, toalhas e água cortesia) e translado gratuito de e para V&A Waterfront. Sabe quando não falta nada? Então, eu bem que avisei que era o “combo do sucesso”.

E olha que eu ainda nem falei direito da localização…

Onde ficar em Cape Town: Radisson Blu Waterfront © Imagina na Viagem
Onde ficar em Cape Town: Radisson Blu Waterfront © Imagina na Viagem

Você sabia que o seguro médico é item OBRIGATÓRIO em viagens para diversos países mundo afora? Se você ainda não contratou o seu, clique aqui e cote com a SegurosPromo. Através dela, você consegue comparar preços de vários planos e fica fácil encontrar o que melhor se encaixa em suas necessidades e em seu bolso! Afinal de contas, ninguém quer passar perrengue na férias, né? E mais: utilizando o cupom de desconto IMAGINANAVIAGEM5 você ainda garante 5% de desconto na contratação do serviço!

RADISSON BLU

A Radisson Blu é parte do Radisson Hotel Group. A marca está presente em incontáveis destinos ao redor de todo o mundo e, ao todo, possui mais de 380 hotéis exclusivos, abertos ou com inauguração prestes a acontecer.

Dentre seus diferenciais, está a chamada “Garantia de Satisfação Total do Cliente” – que assegura a excelência do serviço entregue e a resolução de qualquer problema apontado pelo hóspede. A ideia é simples e bastante autoconfiante: se o seu problema não for solucionado ou se você deixar o hotel insatisfeito, você não paga.

 

LOCALIZAÇÃO

Cape Town é uma cidade grande e por isso existem diversas possibilidades de respostas para quem pergunta: “onde ficar em Cape Town?”. Você pode escolher ficar em Camps Bay, no centro da cidade ou no sopé das montanhas. Tenho certeza que todas estas localizações possuem suas vantagens… mas, depois de ter passados alguns dias na cidade, posso quase garantir que nenhuma delas consegue combinar tantos benefícios e comodidades como o entorno de V&A Waterfront. E, logo de cara, foi isso o que mais pesou para que escolhêssemos o Radisson Blu Waterfront como nossa casa na Cidade do Cabo.

O Radisson Blu Waterfront está localizado numa pontinha de continente, a cerca de 1km do complexo V&A. Além de vistas deslumbrantes, sua posição privilegiada garante acesso rápido ao ponto mais badalado de toda a cidade, mantendo, porém, uma distância conveniente do burburinho. Em outras palavras, você consegue aproveitar toda a agitação de V&A Waterfront a qualquer hora do dia ou da noite tendo, bem ali pertinho, um refúgio de paz onde é possível dormir ouvindo apenas o som do mar.

O percurso entre o hotel e V&A Waterfront é tranquilo. Em nossa primeira noite ali, optamos por fazê-lo a pé e, embora a rua seja um pouco escura durante a noite, não nos sentimentos inseguros em nenhum momento. Em 15 minutinhos de caminhada chegamos ao complexo e logo entendemos a razão de tantas indicações… o lugar é mesmo uma delícia. Não por menos, voltamos ali diversas vezes ao longo de nossa estada na Cidade do Cabo.

Onde ficar em Cape Town: Radisson Blu Waterfront © Imagina na Viagem
Onde ficar em Cape Town: Radisson Blu Waterfront © Imagina na Viagem

E se a caminhada de 15 minutos não lhe parecer agradável, tudo bem também. O hotel oferece, gratuitamente, transporte de ida e volta ao complexo para todos os seus hóspedes.

Outros pontos de interesse próximos são o Metropolitan Golf Club, o Cape Town Stadium (palco de diversos jogos da Copa do Mundo de 2010), o Two Oceans Aquarium, Green Point, Bo-Kaap e o District Six. Todos localizados a, no máximo, 4km do hotel. Um pouco mais distantes estão o teleférico que leva à Table Montain (8km) e, ainda, o Jardim Botânico de Kirstenbosch (15km).

Já reservou seus passeios, tour e ingressos? A Viator é recheada de boas opções!
Por aqui, foram incontáveis as vezes que já compramos passeios através da Viator. As experiências sempre foram ótimas e, por isso, indicamos de olhos fechados!! 🙂
Confira todas as opções disponíveis e compre antecipadamente em: www.viator.com

No mapa abaixo você encontra a localização exata do Radisson Blu Waterfront, além de diversos pontos de interesse que você poderá visitar ao longo de sua estada por lá.

POR PERTO

Pontos Turísticos:
1. Table Mountain – Cablecar
2. Camps Bay
3. Jardim Botânico de Kirstenbosch
4. Lion’s Head
5. Two Oceans Aquarium
6. The Cape Wheel
7. South African Maritime Museum
8. Cape Town Stadium
9. Bo-Kaap
10. District Six

Restaurantes e Comércio:

1. Victoria & Alfred Waterfront
2. Karibu Restaurant – especializado na culinária local, muito bom!
3. City Grill Steakhouse – bons cortes e preço justo!
4. Col’Cacchio – daqueles italianos que não têm erro, sabe? Adoramos!
5. Gibson’s – hamburgueria muito recomendada por lá.
6. V&A Food Market – um mercado típico, vale a pena conhecer!
7. Table Bay Pharmacy – farmácia
8. Taung – uma das nossas lojas de artigos africanos preferidas por lá! Coisas lindas!
9. Indaba – mais uma loja incrível (e com bom preço!) de artigos africanos.
10. Pick n Pay – supermercado

 

 

OS QUARTOS

O que você espera encontrar em um bom quarto de hotel? Vamos lá, me ajude a completar a lista… espaços amplos, uma cama grande e confortável, um banheiro com banheira e chuveiro separados, duas pias talvez, um armário grande o bastante, cofre, frigobar, uma área de trabalho confortável onde seja possível colocar os e-mails em dia, uma área de estar com um sofá confortável e espaçoso, televisão de tela plana, ar condicionado, pantufas e roupão, máquina Nespresso, internet sem fio de alta velocidade e gratuita, jornais na sua porta todos os dias pela manhã, chocolatinhos sobre os seus travesseiros todos os dias à noite. Aposto que pensei em todos os itens da sua lista e fui até além, não fui? Pois é… o Radisson Blu Waterfront também, pois são exatamente todas essas coisas que você encontrará em seu quarto quando se hospedar por lá.

Propositalmente, deixei um item de fora. Algo que merece um parágrafo exclusivo, eu diria. É que se tudo isso já parecia bom o bastante, deixa eu te contar: fica um milhão de vezes melhor quando se tem uma grande varanda privativa – com espreguiçadeiras prontas para lhe acomodar durante o espetacular pôr-do-sol dali.

Chegamos em Cape Town no final da tarde. Exaustos. Tudo o que eu queria era um bom banho e alguns minutinhos de descanso em uma cama confortável. E então, quando entramos em nosso quarto e demos de cara com aquela varanda enorme e aquele super visual, todo o cansaço foi embora. Com o sol se pondo no mar, os barquinhos passando pra lá e pra cá e gaivotas cruzando o céu a nossa frente não havia outro lugar no mundo onde eu pudesse querer estar. Sentamos ali e curtimos o momento até que os últimos raios de sol iluminassem a Cidade do Cabo e quando a noite caiu por inteiro, eu já contava os minutos para o espetáculo do dia seguinte.

O Radisson Blu Waterfront possui 177 quartos e suítes, que variam de 36m² a 110m². Dentre eles, há opções preparadas para portadores de necessidades especiais.

 

CAFÉ DA MANHÃ E GASTRONOMIA

A gastronomia no Radisson Blu Waterfront tem nome: Tobago. O restaurante tem como inspiração os sabores sul-africanos e serve almoços e jantares com uma vista arrebatadora do oceano Atlântico. Ele funciona também como bar, com boas opções de drinks e uma variada carta de vinhos – que, é claro, possui uma excelente coleção de rótulos da África do Sul.

O Tobago funciona das 12h30 às 15h (almoço) e das 18h30 às 22h30 (jantar).

É também no Tobago que você encontrará o famoso “Super Breakfast Buffet” do Radisson Blu. O buffet de café da manhã é um grandes destaques do hotel, já que oferece uma enorme variedade de produtos, sempre frescos e de muita qualidade. Há variadas opções de pães, queijos, frios, cereais, doces, pratos quentes, iogurtes e bebidas. Há também um menu especial com preparações feitas na hora a pedido do hóspede – sem custo adicional. Crepes, waffles, omeletes e mais uma porção de delícias estão disponíveis.

O buffet de café da manhã está disponível, de Segunda a Sexta, das 6h30 às 10h30. Nos finais de semana e feriados, se quiser, você pode acordar um pouquinho mais tarde – é que o horário é estendido por meia hora e o buffet é servido até às 11h.

Outro ponto bastante positivo do café da manhã por lá é o chamado Grab and Run – uma opção de café da manhã rápido para aqueles que não têm muito tempo disponível na agenda… você pode se servir de chás ou café, frutas frescas e barras de cereais prontos para viagem disponíveis no lobby do hotel. É só pegar e partir!

 

NOSSO TOP 5 NO HOTEL RADISSON BLU WATERFRONT

1. LOCALIZAÇÃO – DEFITINIVAMENTE, A MELHOR DA CIDADE!

Depois de muito rodar por Cape Town, sou categórica em afirmar: na minha opinião, o entorno de V&A Waterfront é realmente a melhor localização de hospedagem na cidade. Estar perto de um grande shopping, de alguns dos mais procurados museus da cidade, de dezenas de restaurantes, de comércio variado e de todo o agito da cidade é excelente.

O que torna a localização do Radisson Blu Waterfront melhor que a de outros hotéis na mesma região é sua posição exata, bem numa pontinha da enseada, protegida do tumulto e repleta de sossego e privacidade.

2. SUÍTE EXECUTIVA – UM REFÚGIO DE FRENTE PRO MAR DA CIDADE DO CABO.

Eu moro na praia e, você sabe, com o tempo é normal que a gente se acostume até mesmo com o extraordinário. Não é comum, estando em casa, gastar alguns minutos do meu dia na janela vendo o mar. Não faz parte da minha rotina despender um tempinho que seja para ouvir o som das ondas. E aí a gente viaja, atravessa um oceano, dá de cara com um pôr do sol de cair o queixo e a ficha cai. A gente aprende a parar. Aprende a verdadeiramente curtir o momento e as pequenas coisas. A desacelerar, despreocupar. E desintoxica, renova, renasce. A gente lembra de casa e do tanto de momentos como aquele desperdiçados na frente da TV, olhado pro celular. A gente aprende. Renasce.

Nem todo lugar é capaz de provocar essa transformação. Por mais lindo que seja, por mais dourado que esteja o céu. É preciso algo a mais, uma energia diferente talvez. O que quer que seja, isso existe na Cidade do Cabo. E quão maravilhoso foi poder desfrutar desse “algo a mais” sem precisar sair do meu quarto. Quão incrível foi me sentir tocada dessa forma a cada acordar.

Nossa estada no Radisson Blu Waterfront foi boa por diversos motivos mas, ainda que não tivesse sido, tudo o que aprendi debruçada naquela varanda já teria sido o suficiente para fazer valer a pena.

3. TRANSFER GRATUITO ATÉ V&A WATERFRONT – UMA COMODIDADE EXTRA.

Um quilômetro é pouca coisa, quase nada. Um trajeto percorrido em 15 minutinhos, talvez. E, ainda assim, o Radisson Blu Waterfront preocupou-se em disponibilizar um shuttle gratuito para seus hóspedes. Para aquele dia que você não está a fim de andar, ou aquela noite em que as pernas estão exaustas, para quem tem dificuldades de caminhar um pouquinho que seja, por qualquer motivo, por qualquer razão. Não importa.

Como eu disse lááá no começo, o que importa ali é fazer da experiência de hospedagem a melhor possível! Não é que eles conseguiram mesmo

4. INFRAESTRUTURA DE LAZER E BEM-ESTAR – SURPRESAS ALÉM DO COMUM.

Quem está acostumado com hotéis de alto nível quase sempre encontra surpresas. Pode sim se encantar com uma piscina diferente, maior. Ou com um SPA muito sofisticado, talvez. Mas, quase sempre, os hotéis seguem a mesma linha, sem grandes novidades.

Foi uma baita surpresa chegar o Radisson Blu Waterfront e encontrar uma marina privada. Um quebra-mar todinho para nós, com direito a farol e tudo mais. Assim como foi uma grande novidade descobrir o salar que há por lá – e conhecer todos os benefícios da Terapia com Sal.

Coisas que podem parecer bobeira para quem planeja uma viagem na qual pretende passar o dia todinho na rua, mas que podem proporcionar momentos de muito prazer e relaxamento para aqueles que se permitem uma folguinha de lazer no meio de um roteiro corrido.

5. RESPONSABILIDADE AMBIENTAL – UM HOTEL QUE AGE E EDUCA!

Onde ficar em Cape Town: Radisson Blu Waterfront © Imagina na Viagem
Onde ficar em Cape Town: Radisson Blu Waterfront © Imagina na Viagem

Seria impossível ignorar aqui a atual crise hídrica vivida pela Cidade do Cabo. A situação é a pior, mais importante e urgente já vivenciada em muitos e muitos anos por lá. Poucos meses antes de embarcarmos (em Maio de 2018), a cidade estava à iminência de uma seca total e, graças aos esforços da população e de seus visitantes, a chamada “data limite” (quando a água realmente chegaria ao fim) foi e vem sendo adiada repetidas vezes.

O racionamento tem funcionado, mas ainda há riscos e a situação ainda é considerada grave e, por isso, é preciso o apoio de compreensão de todos. Principalmente dos turistas que visitam a cidade.

Você sabia que um hotel chega a gastar de 250 a 300 litros de água por dia, por hóspede? Parece insano, não? Por essa razão, o comprometimento dos hotéis de Cape Town foi e continua sendo imprescindível na batalha contra a crise hídrica.

Foi absolutamente maravilhoso saber que o Radisson Blu Waterfront está envolvido nessa campanha, tomando ações efetivas e, principalmente, educando seus hóspedes a respeito do desperdício de água e da importância da economia deste que, embora subvalorizado, é o nosso bem mais precioso. Afinal de contas, não adianta querer reduzir o consumo do hotel como um todo se, individualmente, os hóspedes continuarem usando litros e litros indiscriminadamente, certo?

Do lobby aos quartos, quase todos os ambientes do hotel trazem lembretes sobre a necessidade de economizar água, com sugestões de ações que podem, de fato, reduzir o consumo. Roupas de cama e de banho não precisam ser trocadas todos os dias, né? Escovar os dentes com a torneira desligada é fácil para todos nós! Reduzir o tempo no banho e ligar o chuveiro apenas na hora de se enxaguar também não é difícil. Nem preciso dizer que banhos de banheira estão fora de cogitação, certo?

A gente espera que, em breve, a Cidade do Cabo tenha seus níveis hídricos totalmente recuperados. Mas mais do que isso, a gente espera que as lições aprendidas por lá sejam levadas para sempre, para o todo. Porque resolver a situação de Cape Town é urgente, mas preservar o planeta como um todo também deveria ser.

 

SERVIÇO

Radisson Blu Hotel Waterfront 
Beach Road, Granger Bay
Cidade do Cabo 8002 – África do Sul
Tel: +27 21 441 3000

Email: capetown.reservations@radissonblu.com

www.radissonblu.com/en/hotel-capetown/

 

* O Imagina na Viagem esteve no Radisson Blu Waterfront Cape Town em sistema de parceria a fim de conhecer os serviços do estabelecimento e retratá-los nesta resenha. Prezando a credibilidade, todas as resenhas do Imagina na Viagem descrevem com fidelidade as opiniões pessoais da editora e não são passíveis de qualquer acréscimo e/ou alteração de valor ou conteúdo por parte de terceiros.

 

 

Leia Mais:

The Michelangelo: Um pedacinho da Itália em Sandton – Johannesburg
Onde ficar na Garden Route: Fancourt – a escolha perfeita!
Hotel em Hermanus: Mosselberg on Grotto Beach
Remédios para viagem: o que levar na farmacinha?

Post Anterior

Hotel em Hermanus - Mosselberg on Grotto Beach

Próximo Post

O que fazer em Nova York - Musicais da Broadway: Anastasia

Comentários

Deixe registrado seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.