Onde ficar na Garden Route: Fancourt – a escolha perfeita!

Quem viaja pela Garden Route, na África do Sul, encontra incontáveis surpresas pelo caminho. São vistas de tirar o fôlego, atrações fantásticas e um profundo contato com a natureza. Tudo isso há que ser visto com calma e, assim, encontrar uma boa opção de hospedagem na região é imprescindível. Então, bate a dúvida: onde ficar na Garden Route?

Você certamente poderá encontrar inúmeras respostas para esta pergunta. Mas a melhor delas eu te digo agora: Fancourt – um complexo magnífico, localizado na cidade de George, no sopé das montanhas de Outeniqua que alia, como nenhum outro lugar, luxo, requinte, sofisticação e toda a singular simplicidade da natureza em sua forma mais pura. Um exclusivo refúgio de paz!

Nós estivemos lá ao longo de nossa road trip pela África do Sul e agora você confere nesta review todos os detalhes sobre este, que é um dos mais prestigiados hotéis de todo aquele país.

 

 

ONDE FICAR NA GARDEN ROUTE – SOBRE O FANCOURT

Antes de mais nada, você precisa saber uma coisa sobre mim: eu sempre fui orgulhosa em dizer que não importa para onde fosse a viagem, nem em quais hotéis nos hospedássemos, a minha casa seria sempre o meu lugar preferido. Como você pode imaginar, eu sempre amei viajar, mas amava tanto (ou mais) voltar, ao final de cada jornada, para as minhas coisas, para o único lugar no mundo onde me sentia completa: o meu lar… desejava o retorno com a mesma ânsia da partida. Até que conheci o Fancourt. E, pela primeira vez, a vontade de ficar foi maior, bem maior, que qualquer saudade que pudesse sentir. Ali, naquele oásis de tranquilidade, sentindo a natureza próxima a mim como nunca antes, pela primeira vez, desde que ingressamos nessa descoberta ao redor do mundo, eu me vi desejando congelar o tempo. Ouso dizer que, se possível fosse, ele estaria congelado até agora – no momento em que escrevo esse texto – e, mais uma vez, me pergunto: porque diabos eu concordei em vir embora?

Ah, e mais uma coisinha… se ao final desta review você estiver completamente apaixonado e louco para reservar as suas férias, aqui vão um conforto e um pedido: eu te entendo e por favor me leve na sua mala!

Pronto. Dito isso, acho que podemos, enfim, começar as apresentações.

O Fancourt é popularmente conhecido como um “destino de golfe” – certamente um dos melhores do mundo, devo dizer. Mas é um grande engano resumi-lo a isso. O Fancourt é mais… é um paraíso para férias em família, é o lugar ideal para a viagem de um casal apaixonado e uma pedida fantástica para quem viaja sozinho em busca de um tempo de qualidade consigo mesmo. Em resumo, trata-se de uma linda e imponente propriedade que atende aos mais diversos estilos e interesses.

Onde ficar na Garden Route - Fancourt © Imagina na Viagem
Onde ficar na Garden Route – Fancourt © Imagina na Viagem

5 estrelas, membro do seleto catálogo The Leading Hotels of the World ele é, além de tudo, completo em infraestrutura e serviços. Fancourt é um complexo, com dois hotéis, condomínio residencial, 4 restaurantes, instalações dedicadas à crianças e adolescentes, academia, piscinas, centro de conferências, três campos de Golfe, cinema, SPA, trilhas para caminhada, corrida ou bike, entre diversos outras facilidades e atrativos. Tudo isso espalhado em uma propriedade de 613 hectares, harmonicamente inserida em uma das paisagens verdes mais lindas de toda a África do Sul.

O Fancourt está localizado no sopé das montanhas de Outeniqua, na cidade de George, em meio à famosa Rota Jardim – ou Garden Route. Ali, os cenários nos fizeram boquiabertos por algumas dezenas de vezes. Lembro que, durante muitas de minhas viagens pela Europa, ouvi coisas como “inúmeros artistas passaram por aqui… diziam que nossa cidade os inspirava, que nossas cores e a luz que incide aqui são únicas no mundo!” e ao longo nossa estada no Fancourt me vi pensando várias e várias vezes: quão desafortunados eram estes artistas que não tiveram a chance de descobrir as cores e luzes deste lugar! O Fancourt é, em uma única palavra, inspirador. Se já fiquei em incontáveis lindos hotéis cheios de prosa… o Fancourt foi, para mim, pura poesia.

 

Você sabia que o seguro médico é item OBRIGATÓRIO em viagens para diversos países mundo afora? Se você ainda não contratou o seu, clique aqui e cote com a SegurosPromo. Através dela, você consegue comparar preços de vários planos e fica fácil encontrar o que melhor se encaixa em suas necessidades e em seu bolso! Afinal de contas, ninguém quer passar perrengue na férias, né? E mais: utilizando o cupom de desconto IMAGINANAVIAGEM5 você ainda garante 5% de desconto na contratação do serviço!

HISTÓRIA

A história do Fancourt começa lá nos anos 1800, quando o inglês Henry Fancourt White – um grande engenheiro de estradas – é convidado para trabalhar na construção de uma passagem sobre as montanhas de Outeniqua. Anos mais tarde, já apaixonado pelo lugar, Henry White decide fazer dali a residência oficial de sua família, construindo uma bela casa a qual dá o nome de Blanco House.

Com o passar dos anos, a propriedade acabou mudando de donos algumas vezes. Tendo sido reformada tantas outras, voltou às mãos da família Fancourt sob responsabilidade do filho de Henry – Ernest Montagu White – e então, após seu falecimento, em 1916, caiu em desuso, sendo reaberta por novos donos e restaurada apenas no ano de 1960.

Onde ficar na Garden Route - Fancourt © Imagina na Viagem
Onde ficar na Garden Route – Fancourt © Imagina na Viagem

Foi somente em 1989, quando mais uma restauração fora feita, que Fancourt tornou-se aquilo que vemos hoje. Em poucos anos, adquiriu fama e credibilidade junto aos turistas locais e internacionais e logo passou a ser reconhecido como um dos melhores complexos hoteleiros da África do Sul, e um dos melhores destinos de golfe de todo o mundo.

LAZER E ESPORTE

A Garden Route é uma região esplêndida e você certamente terá um sem fim de coisas para ver e visitar enquanto estiver hospedado no Fancourt. Ainda assim, caso prefira, o hotel dispõe de um grande número de atrativos que o farão permanecer entretido ao longo de todo o dia – por um mês inteirinho, se bobear! Rs…

Falando de golfe, há três grandes campos – sendo The Links o mais bem-conceituado. Projetado pelo super astro do esporte Gary Player, ele é classificado como o melhor campo de golfe do país pela Golf Digest South Africa. Caso você não seja íntimo do esporte, não há problema… uma academia dedicada ao ensino do golfe está à disposição dos hóspedes, assim como lojas profissionais onde você encontrará todo o necessário para a prática.

Onde ficar na Garden Route - Fancourt © Imagina na Viagem
Onde ficar na Garden Route – Fancourt © Imagina na Viagem

Mas eu já falei que o Fancourt não é apenas golfe, não é? Pois é… para os amantes do esporte e movimento há quadras de tênis, ginásio, uma grande academia de ginástica com equipamentos de primeira linha e ainda três opções de trilhas que podem ser percorridas numa caminhada, corrida ou num agradável passeio de bike.

Atividades também não faltam para as crianças e adolescentes – que possuem, ambos, instalações exclusivas no Leisure Centre do hotel. No Kidz Club, os pequeninos podem brincar à vontade, sempre sob a supervisão de profissionais especializados. Já no Chill Out Lounge o espaço é dedicado para os jovens. E, antes de deixar o Leisure Centre, toda a família pode ainda aproveitar momentos de lazer e diversão em uma exclusiva sala de cinema.

Fechando com chave de ouro, o SPA e Aqua Facilities do Fancourt são tudo aquilo que você poderia querer para começar bem o dia ou relaxar (verdadeiramente) ao final dele. Banho romano, piscina terapêutica de imersão, jacuzzi, sauna seca e a vapor fazem parte da estrutura. Entre os serviços estão fisioterapia, hidroterapia, tratamentos variados de SPA e serviços de cabeleireiro.

THE MANOR HOUSE

Lembra-se da Blanco House? A casa construída por Henry Fancourt White e que deu início a toda a história da propriedade ainda existe! Parte do complexo Fancourt, ela hoje chama-se The Manor House e, com apenas 18 acomodações, é um hotel projetado para receber, de forma superexclusiva, hóspedes que buscam por requinte e sofisticação elevados ao último nível.

Linda, aconchegante e com uma equipe dedicada exclusivamente aos seus nobres visitantes, The Manor House foi classificada no ano de 2015 como o Melhor Retiro Romântico da África.

 

LOCALIZAÇÃO – ONDE FICAR NA GARDEN ROUTE?

O Fancourt está localizado na pequenina cidade de George, um dos mais famosos destinos da Rota Jardim e, certamente, uma das melhores bases para a exploração desta região. Definitivamente, esta tornou-se a nossa resposta ideal para quando nos perguntam onde ficar na Garden Route!

Onde ficar na Garden Route - Fancourt © Imagina na Viagem
Onde ficar na Garden Route – Fancourt © Imagina na Viagem

As facilidades são muitas… George tem aeroporto próprio (localizado a somente 7km do Fancourt), tem localização privilegiada – possibilitando viagens de bate-volta a diversas outras cidades e pontos de interesse – além de clima e visual como poucos lugares no mundo.

Dali, você pode acessar (em poucos minutos) as cidades de Knysna, Wilderness, Mossel Bay e Plettenberg Bay, por exemplo. Pode visitar santuários de elefantes, felinos ou visitar reservas de vida natural onde encontrará os animais em seu próprio habitat. Pode participar de degustações de vinhos, azeites, queijos ou chocolates. Pode cruzar as montanhas de Outeniqua e conhecer as espetaculares Cango Caves – em Oudtshoorn. Ou, ainda, pode tomar fôlego e encarar o famoso salto de bungee jumping na gigantesca Bloukrans Bridge. Tudo isso é possível – com facilidade – quando George é sua base. E, claro, tendo o Fancourt como lar fica ainda melhor!

Por fim, o centrinho de George, embora pequeno, oferece todas as comodidades necessárias para uma estada tranquila. Há uma variada gama de lojas, serviços e em toda a região você encontrará boas opções de gastronomia (além daquelas que existem no próprio hotel!). A poucos quilômetros dali, há ainda o Garden Route Mall.

POR PERTO

Cidades Próximas:
1. Wilderness
2. Mossel Bay
3. Knysna
4. Plettenberg Bay
5. Oudtshoorn

Atrações e Pontos de Interesse:

1. George Airport
2. Redberry Farm
3. Garden Route Botanical Garden
4. The Heads Knysna
5. Tsitsikamma National Park
6. Cango Caves
7. Elephant Sanctuary
8. Birds of Eden
9. Monkeyland
10. Bloukrans Bridge

Restaurantes e Comércio:

1. Garden Route Mall (shopping)
2. Wimpy (restaurante)
3. Pick n Pay Garden Route Mall (supermercado)
4. Mc Donald’s (restaurante)
5. KFC (restaurante)
6. Clicks Pharmacy (farmácia)
7. RocoMamas (restaurante)
8. Bayleaf Café (restaurante)
9. Old Townhouse (restaurante)
10 The Fat Fish (restaurante)

 

 

OS QUARTOS

O Fancourt possui, ao todo, 115 acomodações (além das 18 localizadas na Manor House). Elas dividem-se em Classic Rooms, Luxury Rooms, One-Bedroom Suites e Two-Bedroom Suites e seus tamanhos variam entre 32m² e 86m² – ou seja, mesmo o menor quarto do hotel é absolutamente amplo e confortável.

Os quartos e suítes estão espalhados por todo o (enorme) perímetro da propriedade e, por essa razão, o acesso é feito, geralmente, com auxílio de golf carts (carrinhos de golfe) à disposição dos hóspedes. Toda esta distância garante um bom nível de privacidade, uma vizinhança sossegada e noites de sono tranquilas e silenciosas – sob o céu mais estrelado que já vi na vida!

Em nossa estada no Fancourt, ficamos em uma One-Bedroom Suite e, confesso que logo ao adentrar nossa acomodação, eu pensei: “ok, pode parar a brincadeira… esta casa é linda, mas não sei porque me trouxeram aqui, tô cansada e seria ótimo ir pro meu quarto”. Até que encontrei uma graciosa carta de boas-vindas onde li meu nome. “Opa… esse aqui é o nosso QUARTO? Do tamanho do meu apartamento? Pera… tem certeza?” Rs… Com algo em torno de 70m², nossa suíte nem de longe parecia uma suíte. Era uma casa, ampla, absolutamente confortável, decorada com muito bom gosto e de onde, dias mais tarde, seria quase impossível me despedir.

Onde ficar na Garden Route - Fancourt © Imagina na Viagem
Onde ficar na Garden Route – Fancourt © Imagina na Viagem

Sala de estar, área de trabalho, varanda com vista para as montanhas de Outeniqua, um grande quarto com cama absolutamente confortável em tamanho king, closet, banheiro com chuveiro e uma enorme banheira separada. Eu poderia me perder ali dentro. Demorei algumas horas – talvez um dia inteiro – para me dar conta de cada um de seus detalhes. Além da decoração impecável, a arquitetura também era divina… nossa sala e quarto tinham teto em estilo catedral, paredes em cores claras – evidenciando a amplitude do espaço – e linhas modernas.

Ar condicionado, frigobar, cofre eletrônico, dock station, TVs de tela plana, wi-fi gratuito (cada acomodação tem seu próprio roteador, o que faz a internet voar!), amenities de excelente qualidade, pantufas e roupões eram algumas das facilidades de nosso quarto. A arrumação era feita duas vezes ao dia – uma de dia e outra à noite, quando as camas são arrumadas para o sono e chocolates são oferecidos como um gentil desejo de boa noite aos hóspedes.

Onde ficar na Garden Route - Fancourt © Imagina na Viagem
Onde ficar na Garden Route – Fancourt © Imagina na Viagem

Foi a combinação perfeita. Uma suíte/casa impecável e sossegada, onde pudemos relaxar e trabalhar com conforto e qualidade, cercada de cenários estupendos e com as facilidades e infraestrutura de um grande complexo. O que mais eu poderia querer? Ah, claro… um café da manhã excepcional.

 

CAFÉ DA MANHÃ E GASTRONOMIA

LA CANTINA

La Cantina é um dentre os quatro restaurantes do Fancourt – e é ali que, diariamente, o menu de café da manhã é servido. O buffet é farto e atende a todos os gostos. Há pães, frios, queijos, iogurte, cereais, doces, frutas, pratos quentes e uma boa seleção de bebidas (que vão de sucos diversos à espumante). Um menu extenso, com preparações diversas feitas na hora como waffles e crepes além de bebidas especiais (como expressos e cappuccinos) também está disponível.

Com o término do café da manhã, o La Cantina volta a abrir suas portas para o jantar. Com temática italiana, o menu é democrático e indicado para toda a família.

Tivemos a oportunidade de jantar no La Cantina durante nossa estada e a experiência foi muito boa! Equipe atenciosa e prestativa, atendimento rápido e pratos bastante saborosos.

O La Cantina funciona diariamente das 6h30 às 10h30 (café da manhã) e das 18h às 22h (jantar).

HENRY WHITE`S

Henry White’s é uma boa opção para os amantes da alta gastronomia. Com menu sofisticado, este restaurante promete a tradição da cozinha europeia com um toque do sabor sul-africano. De certo uma daquelas vivências especiais e inesquecíveis ao paladar.

O Henry White’s abre de Terça à Domingo, apenas para o jantar, das 19h às 22h30. Reservas são essenciais.

THE CLUB LOUNGE

The Club Lounge é o restaurante mais “despojado” do Fancourt. Localizado na sede principal do complexo, ele está aberto ao longo de todo o dia e possui um lindo terraço sobre o campo de golfe Montagu.

Seu menu é tipicamente americano (e as costelas ao molho barbecue são uma delícia!), mas fique atento: alguns pratos podem ser carregados no chilli (pimenta). Caso você não seja sul-africano ou um “pimenteiro de raíz” é bom certificar-se antes de fazer o pedido.

Onde ficar na Garden Route - Fancourt © Imagina na Viagem
Onde ficar na Garden Route – Fancourt © Imagina na Viagem

O Club Lounge está aberto, diariamente, das 10h à 00h.

MONET`S

Por último, o Monet’s. Trata-se de uma espécie de “deli” com ares de bistrô. Uma experiência de gastronomia artesanal cujo terraço possui uma das mais belas vistas de todo o complexo.

O Monet’s serve café da manhã, almoço e jantar (esse último apenas entre os meses de Novembro e Março).

De Novembro a Março – de Segunda à Domingo, das 7h às 16h e das 18h às 22h.
De Abril a Outubro – de Segunda à Domingo, das 7h às 17h.

Onde ficar na Garden Route - Fancourt © Imagina na Viagem
Onde ficar na Garden Route – Fancourt © Imagina na Viagem

 

NOSSO TOP 5 NO FANCOURT

1. ONE-BEDROOM SUITE – UMA CASA PRA CHAMAR DE MINHA NA GARDEN ROUTE.

De toda nossa experiência no Fancourt, é difícil dizer o que mais nos encantou… mas certamente o que mais nos surpreendeu foi nossa suíte. Já havíamos visto imagens das acomodações no site antes de chegarmos, é claro, mas nenhum delas consegue ser absolutamente fiel à realidade que vimos ali.

Como se não bastasse tamanho espaço, nos apaixonamos por seu estilo e aconchego. A sensação de estar em casa foi imediata.

2. AMBIÊNCIA E NATUREZA – UM VERDADEIRO OÁSIS DE PAZ

Sou uma apaixonada pela natureza. Moro de frente para a praia, amo viajar para as montanhas. O verde, o ar fresco e puro, o cheiro do mato, os sons dos pássaros… tudo me encanta. E eu sabia, desde sempre, que era isso que encontraria no Fancourt. Apenas não poderia imaginar que, junto a tudo isso, viria algo que nenhuma foto ou texto é capaz de traduzir: uma sensação plena de paz.

Acordar antes do Sol nascer pode, no dia a dia, parecer torturante. Ali, era mais um dentre tantos prazeres. Ouvir o dia raiando – sim, a natureza tem sons próprios quando está acordando, caminhar sem rumo dentre todo aquele verde, sentir a grama ainda úmida do orvalho… talvez estas tenham sido as experiências mais ricas que vivi ali.

Muita gente pensa que isso faz contraponto ao luxo, à sofisticação. Pois eu penso exatamente o contrário. Hotéis como o Fancourt, que conseguem aliar serviços e ambientes absolutamente exclusivos e requintados à simplicidade pé no chão da natureza são, para mim, como verdadeiros paraísos.

3. LOCALIZAÇÃO – A BASE PERFEITA PARA QUEM VIAJA PELA GARDEN ROUTE

Quando comecei a planejar nossa viagem, não tinha ideia sobre onde ficar na Garden Route. Iniciamos nossa viagem de carro em Port Elizabeth, tendo como destino final a Cidade do Cabo e, no meio do caminho, havia o Fancourt. Que sorte a nossa!.

Foram muitas cidades visitadas, alguns milhares de quilômetros percorridos e, possivelmente, o conjunto natural mais belo que já tivemos a chance de conhecer. Estar em George nos possibilitou descobrir tudo isso com bastante comodidade e praticidade.

4. INFRAESTRUTURA – UM SEM FIM DE LAZER E RELAXAMENTO!

Nossos dias no Fancourt foram bastante corridos, é verdade. Havia muito o que ver, nosso roteiro estava repleto de atividades e, de fato, nos sobrou pouco tempo para aproveitar as tantas mordomias que o complexo oferece.

Ainda assim, tive momentos de profundo relaxamento no banho romano do hotel. Num ambiente aquecido a 31°C, com vista para as montanhas, a grande e cristalina piscina parece operar verdadeiros milagres. A sensação é de revitalização total e a exaustão de um dia cheio de estradas logo se transforma em puro bem-estar.

Ah, e vale dizer: as piscinas ao ar livre e a academia também são dignas de aplausos.

5. EQUIPE – COLECIONANDO SORRISOS (E AMIGOS!) NA ÁFRICA DO SUL

Por último, preciso falar dos muitos amigos que fiz ali. Da coleção de sorrisos que trouxe em minha memória. Da recepção calorosa. Das caronas sempre muito animadas nos golf carts. De cada uma das pessoas que cruzaram nosso caminho ao longo de nossa estada no Fancourt.

Um hotel não sobrevive sem uma equipe. São seus funcionários que dão vida ao lugar, são eles a alma de qualquer empreendimento. E que alma linda tem o Fancourt! Que simpatia, dedicação e entusiasmo vimos em cada um deles – sempre prontos a nos ajudar ou, no mínimo, melhorar nosso dia com um caloroso e sincero sorriso.

Ao longo da viagem, percebemos que alegria e afetuosidade são características comuns ao povo daquele lugar. De uma maneira linda, o sul-africano é especial. Tivemos encontros extraordinários ao longo de todo o caminho, mas aqueles do Fancourt ficaram para sempre marcados na memória e no coração. Todo nosso agradecimento e carinho à equipe do Fancourt, em especial às queridas Michelle van der Westhuizen e Andiswa Lefele.

 

 

SERVIÇO

Fancourt South Africa
Montagu Street, George, 6530
Tel: +27 (0) 44 804 0000

Email: hotel@fancourt.co.za

www.fancourt.com

 

* O Imagina na Viagem esteve no Fancourt em sistema de parceria a fim de conhecer os serviços do estabelecimento e retratá-los nesta resenha. Prezando a credibilidade, todas as resenhas do Imagina na Viagem descrevem com fidelidade as opiniões pessoais da editora e não são passíveis de qualquer acréscimo e/ou alteração de valor ou conteúdo por parte de terceiros.

 

 

 

Leia Mais:
The Michelangelo: Um pedacinho da Itália em Sandton – Johannesburg
Remédios para viagem: o que levar na farmacinha?
7 formas de tornar sua viagem inesquecível!
+ Livros de Viagem – Dicas de presentes para quem gosta de viajar!

Post Anterior

The Michelangelo - Um pedacinho da Itália em Sandton - Johannesburg

Próximo Post

Hotel em Hermanus - Mosselberg on Grotto Beach

Comentários

Deixe registrado seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.