fbpx
Imagina na Viagem - Blog de Viagens. Dicas de Viagens.


tudo o que você precisa saber sobrE:

seguro viagem

O QUE É SEGURO VIAGEM?

Seguro Viagem

O seguro viagem nada mais é do que um pacote de serviços que visa garantir sua tranquilidade e segurança na viagem. Ele oferece, durante a viagem, assistência e cobertura para quase todos aquelas situações que, só de ouvir, a gente sente vontade de bater na madeira, sabe? De acidentes a doenças, passando por problemas jurídicos, bagagens extraviadas, voos atrasados e etc.

Costumo dizer que o seguro viagem é o tal do “amigo certo das horas incertas”. Aquela ajuda super bem-vinda quando tudo o que você quer fazer é arrancar os cabelos ou chorar como uma criança. Porque sim, quando a gente tá viajando e precisa de uma internação em outro país, é exatamente isso que se tem vontade de fazer. Quando, faltando uma semana para a viagem, você precisa lidar com o falecimento de um parente muito próximo e cancelar todo o plano das férias, idem. Principalmente quando você pensa que, no meio de tanta tristeza, ainda sobraram prejuízos sem fim... afinal de contas, lá se foram as reservas de hotel, passeios, os voos e tudo mais.

É pra esse tipo de situação (e muitas outras, mais e menos dramáticas) que o seguro existe. Ele garante assistência, reembolso, seguro (de vida ou invalidez), compensações, atendimento em português e mais uma série de benefícios que dão um alívio e tanto na hora que o bicho pega. E, como você vai ver ao longo dessa página, eu falo com bom conhecimento de causa!

No mais, além da tranquilidade, fazer um seguro é também a maneira mais inteligente de evitar que a sua viagem possa se transformar (bate na madeira, vai) numa falência. E não, não tô exagerando. Se você já foi internado e teve a curiosidade de ver a fatura do hospital depois, certamente deve ter entrado em choque. O total de alguns dias de internação pode ser exorbitante – e ultrapassar todas as suas economias até. Agora pense nisso quando em euros ou dólares. Melhor não arriscar, não é mesmo?

Abaixo, eu te conto alguns dos serviços mais comuns, oferecidos pela grande maioria dos seguros viagem.

ASSISTÊNCIA MÉDICA E HOSPITALAR

Um pé quebrado, um cálculo renal, um acidente mais sério ou mesmo aqueles problemas de saúde que nunca dão aviso prévio. Incidentes não tem hora ou data pra acontecer e não fazem diferenciação de dia útil ou férias. Num país estranho, lidar com esse tipo de coisa é ainda pior, portanto, toda precaução (e ajuda!) é bem-vinda

ATRASO E CANCELAMENTO DE VOO

Se você nunca esteve num voo atrasado ou cancelado, é provável que conheça alguém que esteve. Situação comum e que, muitas vezes, pode gerar despesas extras com alimentação e até hospedagem. Nesses casos, quem contrata o seguro esquenta menos a cabeça, já que tem a garantia do reembolso destes valores.

ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA

Assim como a assistência médica, o atendimento odontológico pode advir de situações que mesmo uma visita ao seu dentista de confiança, uma semana antes da viagem, pode ser incapaz de prever. Poder ser atendido por um bom dentista durante a viagem, sem precisar gastar uma fortuna por isso, é uma tremenda vantagem.

ATRASO E EXTRAVIO DE BAGAGENS

Outra situação bastante corriqueira é o atraso ou extravio de malas. No primeiro caso, o seguro oferece uma verba para que você possa comprar alguns itens de emergência, até que a bagagem reapareça. No segundo, há uma compensação maior pela perda da sua bagagem – geralmente na faixa dos 1.200 dólares.

COBERTURA FARMACÊUTICA

É surreal o valor que se pode deixar numa farmácia. Principalmente quando a despesa ocorre em dólares ou euros.
A cobertura farmacêutica garante o reembolso destas despesas, nos casos em que o seguro é acionado. Basta guardar consigo a receita médica e a nota fiscal da compra para solicitar o reembolso ao final da viagem.

SEGUROS E REPATRIAÇÃO

É verdade que ninguém gosta de pensar no pior. Mas, é reconfortante saber que num caso extremo – invalidez ou mesmo morte – você ou seus familiares estarão assistidos financeiramente. A repatriação também é um serviço que costuma ser oferecido pelos seguros dentro de sua cobertura – poupando, assim, os familiares de uma enorme despesa.

ASSISTÊNCIA JURÍDICA

Ainda que você seja prudente, responsável e ande na linha, a gente nunca está livre de problemas inesperados. Mesmo uma batida de carro inocente pode ter proporções maiores e resultar num processo jurídico, já pensou? Um bom seguro garante auxílio e cobertura de suas despesas com advogados e trâmites legais.

CANCELAMENTO DE VIAGEM

Imprevistos acontecem. Sabendo disso, o melhor que a gente faz é se preparar para lidar com eles. Uma doença mais séria, a morte de um parente, um divórcio ou a perda de documentos são algumas das situações que podem frustrar os seus planos de viagem, resultando num custoso cancelamento. A menos que você tenha um seguro.


COMPRE O SEU SEGURO COM DESCONTO.

ACESSE O SITE DA SEGUROS PROMO E UTILIZE O CUPOM IMAGINANAVIAGEM5

PARA 5% DE DESCONTO EM QUALQUER SEGURO VIAGEM.

O SEGURO VIAGEM É OBRIGATÓRIO?

Além de extremamente recomendado para qualquer viagem, em alguns destinos o seguro pode ser também obrigatório. É o caso da grande maioria dos países da Europa, por exemplo.

Nos países signatários do Tratado de Schengen (confira a lista completa abaixo), os turistas brasileiros precisam, obrigatoriamente, portar documento que comprove a contratação de seguro viagem – com cobertura mínima de 30 mil euros. Ainda na imigração você pode ser solicitado a apresentar a apólice do seu seguro e caso não a tenha, o caminho é só um: dar meia volta e entrar no primeiro avião retornando ao Brasil. E a obrigatoriedade é geral, tá? Válida para crianças, jovens, adultos ou idosos e independe também do estado de saúde. Ou seja, QUALQUER turista, em QUALQUER estado, precisa seguir a norma.

Para demais destinos, o seguro pode até não ser obrigatório, mas acredite em mim: economizar nessa parte da viagem é furada. Os custos que se pode vir a ter caso haja qualquer problema superam, em MUITO, o valor da contratação de um bom seguro. Em muitos casos, você poderá encontrar boas opções de seguros com preços a partir de 10 reais por dia. É um valor muito pequeno para algo que, obrigatório ou não, pode lhe livrar de muita dor de cabeça e dívidas médicas.

Outros países onde o seguro viagem é obrigatório: Cuba (cobertura mínima de 10 mil dólares), Venezuela (cobertura mínima de 40 mil dólares para assistência médica e repatriação + mil dólares para roubou, furtos ou extravio de bagagem) e Austrália (apenas para estudantes que pretendem passar mais de um mês no país).

PAÍSES DO TRATADO DE SCHENGEN

  • ALEMANHA
  • ÁUSTRIA
  • BÉLGICA
  • DINAMARCA
  • ESLOVÁQUIA
  • ESLOVÊNIA
  • ESPANHA
  • ESTÔNIA
  • FINLÂNDIA
  • FRANÇA
  • GRÉCIA
  • HOLANDA (PAÍSES BAIXOS
  • HUNGRIA
  • ISLÂNDIA
  • ITÁLIA
  • LETÔNIA
  • LIECHTENSTEIN
  • LITUÂNIA
  • LUXEMBURGO
  • MALTA
  • NORUEGA
  • POLÔNIA
  • PORTUGAL
  • REPÚBLICA TCHECA
  • SUÉCIA
  • SUÍÇA

SEGURO VIAGEM EUROPA

Como já contei lá em cima, a maior parte dos países da Europa exige a contratação de um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros. Se já é um risco viajar sem seguro para destinos onde ele não é exigido, neste caso, é loucura. Imagina ter que voltar pra casa por uma economia tão pequena?

Seguro Viagem - Europa

SEGURO VIAGEM ESTADOS UNIDOS

Embora não seja obrigatório, o seguro viagem para os Estados Unidos é absolutamente recomendado, uma vez que as despesas médicas no Tio Sam costumam ser caríssimas. Em geral, os preços dos seguros para a América do Norte não costumam ser altos, então o investimento é pequeno para o nível de tranquilidade que oferece.

Seguro Viagem - Estados Unidos

SEGURO VIAGEM ÁFRICA

Em viagens para continentes cujo idioma é um problema, você tem mais um motivo para contratar um seguro. Imagina passar mal e não conseguir, sequer, explicar o que está sentindo. Ninguém que passar por isso, não? Mais uma das razões pelas quais ter a assistência de uma equipe falando português nestas horas é essencial.

Seguro Viagem - África

SEGURO VIAGEM AMÉRICA DO SUL

Quando a gente viaja pra “perto”, tende a relaxar mais. É um erro. Inconvenientes podem acontecer em qualquer lugar e, muitas vezes, não dá pra esperar: o atendimento precisa ser imediato e no local. Se você viaja para estações de esqui, certifique-se de que o seguro cobre acidentes ocorridos durante este tipo de atividade.

Seguro Viagem - América do Sul

SEGURO VIAGEM ÁSIA E OCEANIA

Esteja atento às coberturas e certifique-se de que o seguro cobre incidentes ocorridos durante a prática de mergulhos, caso planeje este tipo de atividade em sua viagem. Especificamente em alguns países da Ásia é bom também estar atento à alimentação, visto que problemas gastrointestinais são bastante comuns.

Seguro Viagem - Ásia e Oceania

SEGURO PARA CRUZEIROS MARÍTIMOS

Muita gente nem sabe que existe, mas o seguro viagem para cruzeiros é importantíssimo. No caso de qualquer problema (acidente ou doença) a bordo, você será atendido pela equipe médica do navio e, geralmente, estes atendimentos não saem barato. O seguro viagem para cruzeiros garante o reembolso destas despesas inesperadas.

Seguro Viagem - Cruzeiros

A OPINIÃO DOS VIAJANTES...

Eu conheço muita gente que, embora nunca tenha acionado o seguro, nunca deixa de viajar com ele. Outras – em menor quantidade, ainda bem! – que já viveram experiências traumáticas e desde então viajam sem hotel, mas não viajam sem seguro. Eu faço parte do segundo grupo e, por isso, sou tão incisiva quando os amigos perguntam: mas preciso contratar MESMO o seguro? Não é bobeira? Sim, precisa. E não, não é.

A primeira vez que precisei de um seguro viagem foi em Bariloche. Na época, eu acreditava que ter a cobertura oferecida por um bom cartão de crédito era o suficiente. Sabe de nada, inocente. Viajávamos com os melhores cartões de crédito das duas maiores bandeiras que operam no Brasil (não vamos fazer propaganda pra quem deixou a gente na mão, certo?) e não conseguimos assistência através de nenhum dos dois. O atendimento era complicado e lento e, pasme, todo em inglês. Se eu quisesse ser atendida em português, era preciso iniciar uma conferência para que a fosse feita uma tradução simultânea – conferência essa que sempre fazia a ligação cair. Um sufoco. Por sorte, o problema não era grave e conseguimos aguardar o regresso ao Brasil para procurar atendimento. Desde então, nunca mais saí do Brasil sem seguro viagem.

Assim, anos mais tarde, quando tive uma baita crise renal em Paris (contei os detalhes no post “Atendimento Médico em Paris”), tive a chance de usar, pela primeira vez, um seguro eficiente. Atendimento rápido e em português, num instante recebemos o nome e endereço do hospital para onde devíamos ir. Chegando lá, eles já nos esperavam e havia, inclusive, uma enfermeira falando português. Apesar de ser um hospital público (excelente, por sinal), estrangeiros precisam pagar uma taxa pelo atendimento. No nosso caso, como tínhamos o seguro, nada nos foi cobrado. Ainda precisei gastar uma pequena fortuna na farmácia, toda ela reembolsada dias após o nosso retorno ao Brasil. Não poderia ter ficado mais bem impressionada.

Em Londres, o problema foi a bagagem – que a companhia aérea esqueceu de embarcar no nosso avião. Neste caso, o seguro também é um excelente aliado, já que arca com os custos de itens essenciais até um valor especificado na cobertura. Dá pra comprar o básico e não passar necessidade. Minha bagagem foi encontrada e levada ao meu hotel horas mais tarde, mas, se porventura o desfecho tivesse sido mais dramático, meu seguro ainda garantia uma compensação de cerca de mil e duzentos dólares pela perda.

E, antes que você pergunte, eu juro: nem tenho tanta falta de sorte assim. A questão é que problemas sempre podem acontecer, por mais atento e prudente que você seja. Minhas viagens sempre são planejadíssimas, viajo com companhias aéreas bastante confiáveis, tenho meu check-up médico sempre em dia e, mesmo assim, não estou livre de imprevistos. Nem o meu vizinho, nem o primo dele. Nem você. Ninguém está. A gente torce, com todo o coração para que nunca precise, mas às vezes precisa e, nestas horas, é um alívio danado ter feito a escolha certa – ao invés de optar por uma economia barata.

Se você ainda não estiver satisfeito com o meu relato e conselho, dê uma olhada nestes outros que selecionei por aqui. Todos feitos por viajantes costumeiros, das mais diversas idades e perfis. O que eles têm em comum? O desejo de uma viagem tranquila.

quote-left

Se tem uma coisa que eu não economizo quando viajo, essa coisa é seguro saúde! Além de ser uma pessoa naturalmente desastrada (até em casa me acidento - esses dias me "esfaqueei" sem querer enquanto lavava louça e fui parar na emergência do hospital), eu amo fazer trilhas, saltar de paraquedas, mergulhar de scuba e afins. Até agora (e espero que continue assim) ainda não precisei usar nenhum dos seguros saúde que contratei, mas para mim, viajar sem seguro não é uma opção! Tenho uma amiga que sofreu um acidente de moto durante uma viagem e por não ter seguro saúde, precisou deixar um dinheirão no hospital - no final das contas o barato saiu caríssimo!

quote-right
Joanna Romano - Seguro Viagem

Joanna Romano

quote-left

Na hora de planejar uma viagem incluir no orçamento um seguro viagem é fundamental para a tranquilidade. É melhor “prevenir do que remediar”, como diz o dito popular. Caso aconteça algum incidente o viajante não precisará arcar com todos os custos de atendimento, como consultas, internação, medicamentos entre outros. Até mesmo no atraso de uma bagagem extraviada. Ter um bom seguro é garantir o sucesso do seu passeio. Eu não viajo sem.

​ 

quote-right
Rita Catunda - Seguro Viagem

Rita Catunda

quote-left

Se tem uma lição que já ter estado em 69 países diferentes me ensinou foi “não saia de casa sem um seguro de saúde”. Por incrível que pareça, apesar de todos esses quilômetros acumulados, eu pessoalmente nunca precisei fazer uso dos que contratei, mas invariavelmente vi colegas e companheiros de viagem nas mais diversas situações precisando e recebendo todo o amparo necessário. Desde uma crise renal em Nova York até uma suspeita de malária no interior de Uganda. Situações inimagináveis quando saímos de casa em busca de descanso ou diversão e que podem sim custar pequenas fortunas se precisarem ser pagar integralmente do próprio bolso!

quote-right
Thelma Alves - Seguro Viagem

Thelma Alves

quote-left

Ultimamente, eu e meu marido temos viajado com excursão e nesse caso, quando compramos o pacote, já está incluído o seguro. Nas vezes muitas que viajamos por conta própria também sempre fazíamos o seguro. Acho importante ter uma cobertura de saúde fora do país. Já tive um problema de saúde a bordo de um navio, no meio do Atlântico, e os custos que se tem com incidentes desse tipo sempre são altos. Também tenho conhecidos que já precisaram e utilizaram o seguro em situações extremas, então não abro mão. 


quote-right
Marilia Dutra - Seguro Viagem

Marilia Dutra


O QUE LEVAR EM CONTA NA HORA DE ESCOLHER UM SEGURO VIAGEM?

O mais importante na hora de escolher um seguro é optar por uma empresa que lhe transmita confiança e, claro, por um seguro cuja cobertura ofereça tudo aquilo que é importante pra você.

No meu caso, por exemplo, a cobertura para doenças pré-existentes é fundamental, uma vez que as minhas pedrinhas nos rins se enquadram nessa situação. Antigamente, poucos eram os planos que incluíam as DPE na cobertura e, por isso, eu sempre tinha que estar atenta aos termos dos contratos. Hoje em dia a situação é outra: é raro encontrar planos que não incluam atendimentos ocasionados por doenças pré-existentes em suas coberturas. Ainda assim, é sempre bom estar atento.

Lembre-se de checar o valor das coberturas – em viagens para os países do Tratado de Schengen a cobertura médica deve ser de, no mínimo, 30 mil euros. Verifique se o seguro cobre acidentes ocorridos pela prática de esportes, caso tenha a pretensão de fazê-los. Se estiver grávida, procure por seguros específicos para gestantes. Se já tiver passado dos 65 anos, esteja atento aos limites de idade de cada plano. Em resumo: avalie o seu perfil e as suas necessidades, para então definir o que é importante ou não em um seguro viagem para você.

Por fim, escolha uma empresa com boa credibilidade no mercado ou sobre a qual você já tenha ouvido bons relatos. Eu gosto bastante da Assist Trip (é a que eu uso com mais frequência e nunca me deixou na mão) e da Travel Ace (super antiga no mercado, já usei algumas vezes e costumava ser a empresa escolhida pelas grandes agências de viagem, como a CVC). E faço as minhas contratações SEMPRE através da Seguros Promo. Por lá, consigo comparar valores e coberturas além de, invariavelmente, conseguir as melhores ofertas do mercado – sempre com descontos ótimos. Abaixo eu te mostro o passo a passo para contratar seu seguro com a Seguros Promo.

Seguro Viagem: Europa
GTA 60 EUROMAX GTA 60 EUROMAX Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 22/dia*
APRIL 30 Europa Basic APRIL 30 Europa Basic Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada EUR 1.000 R$ 17/dia*
APRIL 60 Europa Basic APRIL 60 Europa Basic Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada EUR 1.000 R$ 22/dia*

PASSO A PASSO PARA CONTRATAR SEU SEGURO

Contratar o seu seguro através da Seguros Promo é SUPER fácil. Mas, para o caso de pintar qualquer dúvida, a gente preparou um passo a passo bem explicadinho. E, claro, você também sempre pode contar com a ajuda da equipe da Seguros Promo, que pode lhe dar topo o suporte (em tempo real), via chat, no momento da compra. 

1.

Pra começar, acesse a página da Seguros Promo (www.segurospromo.com.br) e preencha as informações básicas: destino da sua viagem, dia do embarque no Brasil, dia do desembarque no Brasil, seu nome, email e telefone. 

Seguro Viagem - Seguros Promo
2.

Uma lista, com todas as opções de seguro para sua viagem será mostrada. Ali, você verá informações básicas - empresa, valor total da cobertura, valor final daquele seguro para todos os seus dias de viagem, etc. Você pode escolher alguns planos diferentes e fazer uma comparação entre eles. Nesse caso, você terá acesso a informações mais completas sobre cada uma das coberturas. Escolha que a melhor lhe atende e clique em comprar.

3.

Uma nova página, com todas as informações sobre a cobertura do seguro escolhido será aberta. É um bom momento para revisar a sua escolha. Certifique-se de que o seguro atende às suas necessidades e, caso tenha qualquer dúvida, não hesite em solicitar a ajuda da equipe Seguros Promo pelo chat. Decisão tomada, clique novamente em comprar.

4.

Preencha as informações dos segurados (é nessa hora que você informa quantas pessoas irão viajar e fornece os dados de cada uma delas). Logo abaixo, você escolherá a forma de pagamento (é possível parcelar a compra sem juros no cartão de crédito ou, ainda, pagar através de boleto bancário com 5% de desconto no valor total do seguro). Preencha as informações de pagamento e da pessoa responsável por ele.

Seguro Viagem - Seguros Promo
5.

Agora, informe os dados de quem é o responsável pela compra – resumindo: quem deve receber os documentos pelo email. Antes de finalizar a compra, insira o cupom de desconto (IMAGINANAVIAGEM5) e clique na setinha para que ele seja validado. Você verá a mensagem "Cupom Aplicado!" e na caixa verde ao lado poderá confirmar o preço, já com os descontos (no exemplo, você vê os descontos cupom e do boleto). Finalize sua compra.

Seguro Viagem - Seguros Promo
Seguro Viagem - Seguros Promo
6.

No caso do boleto, a compra pode levar alguns dias para ser confirmada. Quem paga com cartão de crédito, geralmente, tem sua compra aprovada em algumas horas. Assim que a compra for aprovada, você receberá (no email informado) a confirmação da compra, bem como a(s) apólice(s) do seguro. Cada viajante tem sua própria apólice. É este documento que você deverá levar com você durante a viagem. Recomendo que você salve uma versão desse documento no seu celular ou que, ao menos, anote o número da apólice e o telefone de contato da seguradora no seu bloco de notas. Assim, caso haja algum problema e você não esteja com o documento em mãos e sem acesso a internet, ainda terá os dados necessários para solicitar atendimento. Pronto... agora você pode viajar tranquilo!


PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE SEGURO VIAGEM

como faço para acionar a assistência caso necessário?

TIVE PROBLEMAS E NÃO VOU MAIS VIAJAR. POSSO CANCELAR O SEGURO?

O SEGURO COBRE ACIDENTES OCASIONADOS PELA PRÁTICA DE ESPORTES?

ATÉ QUANTOS DIAS ANTES DA VIAGEM POSSO CONTRATAR O SEGURO?

GRÁVIDAS TAMBÉM PODEM FAZER SEGURO?

VOU VIAJAR DENTRO DO BRASIL, PRECISO DE SEGURO VIAGEM?

QUAL É A DIFERENÇA ENTRE ASSISTÊNCIA E SEGURO?

CRIANÇAS TAMBÉM PAGAM SEGURO? E IDOSOS?

Imagina na Viagem @ 2014-2019.

Todos os direitos reservados.

COMPARTILHE

Seguro Viagem: tudo o que você precisa saber!