Executiva da Latam do Rio a Johannesburg: vale a pena?

Planejando uma viagem para a África do Sul? Na hora de comprar as passagens, sempre bate aquela dúvida: qual companhia aérea escolher? E, em alguns casos, a dúvida pode se estender para: qual classe comprar? Econômica ou executiva? Em Maio de 2018, nós partimos do Rio de Janeiro rumo a Johannesburg. Escolhemos voar com a Latam, em cabine executiva. Agora, eu te conto como foi a experiência e o que achamos de voar na executiva da Latam do Rio a Johannesburg.

 

VOANDO NA EXECUTIVA DA LATAM  DO RIO A JOHANNESBURG

Data: 02 de Maio
Latam 3511: Galeão – Guarulhos – Airbus A321
Latam 8162: Guarulhos – Johannesburg – Boeing 767

Você sabia que o seguro médico é item OBRIGATÓRIO em viagens para diversos países mundo afora? Se você ainda não contratou o seu, clique aqui e cote com a SegurosPromo. Através dela, você consegue comparar preços de vários planos e fica fácil encontrar o que melhor se encaixa em suas necessidades e em seu bolso! Afinal de contas, ninguém quer passar perrengue na férias, né? E mais: utilizando o cupom de desconto IMAGINANAVIAGEM5 você ainda garante 5% de desconto na contratação do serviço!

 

EMBARQUE E VOO DOMÉSTICO: RIO DE JANEIRO – GUARULHOS

Antes de mais nada, preciso dizer: eu não curto começar meus textos apontando pontos negativos. Mas, infelizmente, para os cariocas que me leem, aqui não teve jeito. O fato é que não existem voos diretos entre o Rio de Janeiro e a África do Sul. E, escolha a companhia que escolher, você precisará fazer ao menos uma conexão antes de chegar ao destino. Nos voos da Latam, as conexões são no aeroporto de Guarulhos e costumam ser um pouquinho longas.

Embarcamos no Rio por volta das 11h da manhã. Passageiros da executiva têm um guichê exclusivo e prioridade no check-in e despacho de bagagens. E, embora o trecho doméstico seja feito em classe econômica, também há prioridade no embarque. O voo foi feito num A321, e não há muito o que destacar aqui. Pouco deu para “aproveitar” a experiência, uma vez que a viagem entre Rio e São Paulo passa num piscar de olhos.

 

CONEXÃO EM GUARULHOS E SALA VIP

Nossa conexão teve duração total de pouco mais de 5 horas. É… de cara nos pareceu um pouquinho puxado. Confesso que longas esperas em aeroportos são um problema para mim, e na maioria das vezes, me fazem até mesmo desistir do voo. Sou do tipo que sempre prefere pagar um bocadinho a mais só pra evitar o pinga-pinga nos aeroportos, sabe? Neste caso, porém, não tinha jeito. Não havia como fugir da conexão e como voaríamos em executiva e teríamos acesso à sala vip da companhia, decidi encarar. Estava pronta para a maratona!

Já reservou seu hotel para a viagem?? Eu sempre opto por reservar os meus hotéis através do Booking.com Nele fica fácil encontrar as melhores opções de hospedagem - e excelentes ofertas! Reservando seu hotel através de nossos links, você contribui com o Imagina na Viagem sem pagar nadinha a mais por isso! Acesse em: Booking.com

E a verdade é que foi beem melhor do que imaginávamos. Chegamos em Guarulhos na hora do almoço, buscamos um restaurante legal e, quando terminamos de almoçar, já havíamos gasto uma boa parte do nosso tempo livre. Um pouquinho de fila para acessar a área de embarque, um passeio pelo free shop e quando, enfim, paramos na sala vip da Latam tínhamos menos de 2 horas até o nosso embarque.

Na sala vip da Latam em Guarulhos - Executiva da Latam do Rio a Johannesburg © Imagina na Viagem
Na sala vip da Latam em Guarulhos – Executiva da Latam do Rio a Johannesburg © Imagina na Viagem

A sala vip da Latam em Guarulhos fica no mezanino do Terminal 3, logo após o controle de segurança. O espaço é nada menos que excelente, bastante amplo e muito agradável. Dentre as comodidades, há buffet – supercompleto, com pratos quentes, frios e até mesmo bebidas alcoólicas -, wi-fi, banheiros com chuveiro, uma sala de descanso, lounges variados – onde todos os assentos contam com tomadas para carregar seus equipamentos – e, para deixar a criançada entretida, um cantinho especial com videogame. Tudo isso com direito a uma vista bem bacana das pistas do aeroporto. Ficamos tão bem acomodados que o tempo pareceu voar e logo era hora do nosso embarque.

 

EMBARQUE E AERONAVE

Executiva da Latam do Rio a Johannesburg © Imagina na Viagem
Executiva da Latam do Rio a Johannesburg © Imagina na Viagem

O embarque em Guarulhos foi ótimo. Com acesso prioritário, rapidamente estávamos a bordo.

O avião era um Boing 767 com configuração 2–2–2 na executiva. E, apesar do aspecto antiguinho, no que diz respeito a espaço e conforto a impressão foi a melhor possível. As poltronas eram excelentes – largas o bastante para nos acomodar confortavelmente e contavam com reclinação total (180º). Era certeza: boas horas de sono estavam garantidas!

À frente da poltrona, uma tela multimídia equipada com uma boa variedade de filmes (incluindo lançamentos que eu estava doida pra ver!), músicas, jogos e o acompanhamento do voo. A central de entretenimento pode ser acessada com ajuda de um controle remoto, preso na lateral da poltrona.

Senti falta de mais compartimentos acessíveis da poltrona onde pudesse guardar as coisas que usaria no voo (como celular, carregador, meu Kindle ou mesmo meus óculos) e de tomadas. Uma tomada USB era a única maneira disponível para carregar meus dispositivos. Além disso, fez falta também um serviço de wi-fi on board. Atualmente, são inúmeras as companhias e rotas que já oferecem o serviço e a experiência larga em desvantagem nesse quesito.

 

SERVIÇO E AMENITIES

Poucos minutos após embarcarmos, a equipe de bordo passou servindo taças de champagne e porções de nuts. E, alguns minutos mais tarde, recebemos um kit com travesseiro, edredom e nécessaire. Esta última era unissex e de aparência simples (confeccionada pela Latam mesmo, diferentemente de outras companhias que oferecem nécessaires de marcas mais badaladas) porém bem completinha. Em seu interior havia escova e pasta de dentes, tampões para os ouvidos, meias, máscara de dormir, um kit de amenidades L’Occitane en Provence (com lenço umedecido, lip balm e creme para as mãos) e caneta – com ponta para celular e tablets, inclusive.

Pensando em alugar um carro? Minhas dicas são: prefira locadoras mais reconhecidas no mercado como Sixt, Europcar, Avis, Hertz e Álamo e, se puder, faça todos os seguros possíveis. Embora possam encarecer o aluguel, eles garantem uma viagem livre de stress!
Por aqui, nós utilizamos a plataforma RentCars para cotar e alugar nossos carros.
Nela, você consegue comparar ofertas de diversas locadoras e fica fácil encontrar uma opção redondinha para as suas necessidades, sem pesar no seu bolso!
Acesse a RentCars clicando aqui e faça sua simulação!

Amenities no voo - Executiva da Latam do Rio a Johannesburg © Imagina na Viagem
Amenities no voo – Executiva da Latam do Rio a Johannesburg © Imagina na Viagem

O serviço – por parte das comissárias de bordo – foi, durante todo o tempo de viagem, muito atencioso e simpático. Mas, é preciso dizer que, por outro lado, ficamos verdadeiramente desapontados com o catering.

A crise começou logo após a decolagem. Com o menu do jantar em mãos, escolhemos nossos pratos e, quando fomos atendidos, descobrimos que a opção que havíamos escolhido não estava mais disponível. Segundo informou a comissária de bordo, só havia três unidades daquele prato para as cerca de 40 pessoas na executiva. Em outras palavras, só quem sentou na primeira fila da executiva teve a possibilidade de escolha… da segunda fila em diante todos largamos com uma opção a menos no menu. Um erro bobo que pode ser verdadeiramente frustrante para quem paga uma pequena fortuna na passagem. E sim, o mesmo aconteceu com a sobremesa.

A comida foi servida por volta das 20h. E, apesar de tudo, estava gostosa, bem servida e apresentada. Algum tempo mais tarde, a equipe retirou o jantar e baixou a iluminação da aeronave, garantindo assim uma noite de sono bastante confortável. Cabe destacar que apenas bem próximo ao pouso – já no café da manhã – o serviço voltou a “funcionar”. Experiência bastante diferente de outras executivas em que já havíamos voado onde, mesmo durante a noite, as aeromoças passavam com petiscos, chás e etc. Ótimo para quem precisa de sossego para dormir, não tão bom para quem não gosta de passar longas horas sem um lanche, por exemplo.

Assim como o jantar, o café da manhã estava saboroso, mas tivemos pouco tempo para desfrutá-lo, uma vez que foi servido às vias do pouso. Rapidamente tudo foi recolhido e logo estávamos taxiando em O.R. Tambo.

Já reservou seus passeios, tour e ingressos? A Viator é recheada de boas opções!
Por aqui, foram incontáveis as vezes que já compramos passeios através da Viator. As experiências sempre foram ótimas e, por isso, indicamos de olhos fechados!! 🙂
Confira todas as opções disponíveis e compre antecipadamente em: www.viator.com

Desembarque rápido, as malas – sinalizadas como prioritárias por conta da executiva – foram das primeiras a aparecer na esteira, imigração tranquila e era hora de descobrir tudo o que a África do Sul nos reservava. Quem já leu alguns de nossos posts sobre o país já sabe que foram muuuitas as surpresas positivas.

 

VOANDO NA EXECUTIVA DA LATAM DE JOHANNESBURG AO RIO

15 de Maio
11h55 – Latam 8163: Johannesburg – Guarulhos – Boeing 767
23h05 – Latam 3900: Guarulhos – Galeão

 

SALA VIP – JOHANNESBURG

Passageiros em executiva da Latam têm acesso ao lounge Premier BidVest, no aeroporto O.R Tambo. Trata-se de uma confortável sala vip, não tão completa quando a de Guarulhos, mas o suficiente para tornar a espera no aeroporto bem menos tediosa. O buffet era variado, o espaço amplo e havia wi-fi gratuito e com boa velocidade para seus visitantes. Uma vantagem bem bacana é o fato de a sala estar localizada ao lado do posto de “tax free”. Uma excelente notícia para aqueles que pretendem solicitar a devolução dos impostos das compras feitas na África do Sul.

 

EMBARQUE E AERONAVE

Dessa vez, o embarque foi um tanto tumultuado e um pouquinho lento. Embora houvesse fila prioritária, a equipe resolveu embarcar todos ao mesmo tempo, o que gerou alguma confusão e espera na porta do avião. A aeronave do retorno era igualzinha àquela da vinda. Muito confortável, absolutamente espaçosa, porém visivelmente cansada.

 

SERVIÇO E AMENITIES

Assim como a aeronave, o serviço de bordo e as amenidades foram similares aos do primeiro voo. Dessa vez, já cientes da possível deficiência do catering, nos antecipamos e fizemos nosso check-in na primeira fila. Para nós, foi ótimo. Conseguimos, enfim, ter acesso ao menu completo.

Executiva da Latam do Rio a Johannesburg © Imagina na Viagem
Executiva da Latam do Rio a Johannesburg © Imagina na Viagem

O mesmo não aconteceu, porém, nas fileiras atrás de nós. Mais uma vez, o serviço falhou em embarcar uma quantidade razoável de pratos. Então, fica a dica… quando mais na frente você conseguir sentar, maior será a chance de poder escolher suas refeições.

E aí você diz: “Mas Marina… não dá pra embarcar 3 opções diferentes de pratos para cada um dos passageiros, né? Imagina o tanto de comida desperdiçada!” E eu concordo. Realmente me parece fora de cogitação. Mas existem outras formas bastante razoáveis de resolver a questão e evitar esse tipo de problema. A maior prova é que em nunca havíamos tido experiência similar em voos (na executiva ou econômica) de outras companhias. Em primeiro lugar, cabe o mínimo de bom-senso – que no caso específico dos nossos voos, parece não ter sido empregado. Se você tem um avião com 40 passageiros na executiva, embarcar apenas 3 unidades de uma opção do cardápio soa um pouco estranho, não?

De resto, tudo transcorreu perfeitamente. Voamos de dia e ainda assim conseguimos um nível excelente de conforto para boas horas de descanso. É verdadeiramente incrível como o Atlântico parece encolher quando estamos numa boa poltrona completamente reclinável. Rs.

 

VOO DOMÉSTICO: GUARULHOS – RIO

Chegando em Guarulhos, tivemos a última surpresa e a maior decepção da viagem: a Latam possui apenas uma sala vip no aeroporto e, como ela localiza-se no embarque internacional, passageiros da executiva em trânsito chegando ao Brasil não têm acesso ao espaço. Ou seja… a “experiência” da executiva é findada no momento em que termina o seu voo internacional. A partir dali é procurar um cantinho qualquer do aeroporto, torcer pra encontrar ao menos uma tomada e se preparar para ficar com o bumbum quadrado. Zero comodidade.

A decepção foi tanta que decidimos “abandonar” a Latam no meio do caminho. Depois de uma viagem de várias horas, não havia – para nós – a menor condição de passar outras tantas no saguão do aeroporto sem nenhuma assistência. Dei uma olhada no Google Flights, descobri um voo Guarulhos – Galeão, de outra companhia, saindo em pouco tempo, corremos no guichê e compramos as passagens. Como resultado, quando o embarque da Latam foi iniciado, lá em Guarulhos, eu já estava no Rio, de banho tomado e deitada na minha cama!

Comprar um novo voo, com uma outra companhia, foi um custo extra que não esperávamos, mas que, no final das contas, nos valeu a pena. Algo que teria sido evitado caso a Latam disponibilizasse o mínimo para seus passageiros da executiva em trânsito. E, aqui entre nós, pelo valor cobrado pelas passagens, a gente há de concordar que não é pedir muito, vai…

 

VALE A PENA VOAR NA EXECUTIVA DA LATAM DO RIO A JOHANNESBURG?

Executiva da Latam do Rio a Johannesburg © Imagina na Viagem
Executiva da Latam do Rio a Johannesburg © Imagina na Viagem

Em resumo, o que posso dizer é que voar de executiva, como sempre, fez da viagem infinitamente melhor. O espaço e conforto proporcionados pela classe garantem boas horas de sono e, assim, voos menos exaustivos. Isso, em qualquer circunstância, já é uma larga vantagem. No entanto, ao comparar o serviço da Latam com o de outras companhias com as quais já tivemos experiência, confesso que houve mesmo um certo grau de desapontamento.

Minha opinião? Quem paga o preço cheio da passagem – e, principalmente, quem já tem o hábito de voar em classes executivas de outras companhias – pode terminar a viagem um pouco frustrado.

No entanto, a companhia tem feito promoções frequentes nas tarifas executivas com destino à África do Sul. E, especificamente nestas situações, o valor cobrado é bastante razoável e certamente compensa as deficiências do serviço. Se esse é o seu caso, se você viu uma promoção da executiva da Latam com destino a Johannesburg e está em dúvidas sobre comprar ou não, eu diria que o investimento pode, sim, valer a pena. Então corra e aproveite!

Ah, e depois não esqueça de voltar aqui no blog para conferir todas as dicas da África do Sul e capturar inspirações de sobra para o seu roteiro, hein?

 

 

Leia Mais:

O que fazer em Cape Town – Atrações imperdíveis na Cidade do Cabo
The Michelangelo – Um pedacinho da Itália em Sandton – Johannesburg
Boulders Beach – como visitar a praia dos pinguins em Cape Town
Table Mountain – dicas para conhecer a incrível Montanha da Mesa
Onde ficar na Garden Route: Fancourt – a escolha perfeita!

Post Anterior

Por que eu escolhi NÃO fazer safari na África do Sul

Próximo Post

Esta é a publicação mais recente.

Comentários

Deixe registrado seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.