Onde ficar em Paris: guia completo de bairros, arrondissements e hotéis.

“Onde ficar em Paris?” Essa pergunta – e todas as variações possíveis e imaginárias – sempre ronda a minha caixa de e-mail, minhas redes sociais e, vez ou outra, surge aqui nos comentários do blog também. Essa pergunta que vem empacando o seu planejamento de viagem também já foi minha… e, confesso, tirou o sono de uma viajante aprendiz numa época em que essa internet era só mato – e que o boom dos blogs de viagem nem sonhava acontecer. Eu já estive no seu lugar… e foi com essa lembrança em mente que decidi escrever este guia.

Onde ficar em Paris © Foto: Imagina na Viagem
Onde ficar em Paris © Foto: Imagina na Viagem

Nesse post – um guia de bairros, arrondissements e hotéis em Paris -, eu te entrego mais que a minha opinião… e conto tudo o que você precisa saber para escolher, por sua própria conta, a melhor localização para sua estadia em Paris. Nas linhas abaixo, você entenderá a diferença entre os bairros e arrondissements de Paris, descobrirá um pouquinho da atmosfera e das peculiaridades de cada um deles e poderá fazer uma escolha com base nas suas afinidades… Para cada um dos principais arrondissements de Paris, você encontrará duas sugestões de hotéis, sendo uma mais sofisticada e a outra mais em conta (excelente para quem quer custo-benefício). E, ao final do guia, você ainda ainda encontra um extra com 5 sugestões de hostels, se economia for a sua principal preocupação. Tudo feito com um super carinho e cuidado, pra facilitar o teu planejamento e ajudar a fazer da sua viagem a melhor possível. Espero, verdadeiramente, cumprir o objetivo.

DIRETO AO PONTO (OU “O QUE VOCÊ VERÁ NESTE GUIA”):

1. A diferença entre arrondissements e bairros.
2. Como são distribuídos os arrondissements?
3. Rive Gauche X Rive Droite.
4. Como escolher um arrondissement?
5. Onde ficar em Paris: do 1º ao 8º arrondissement.
5.1. O 1º Arrondissement de Paris.
5.2. O 2º Arrondissement de Paris.
5.3. O 3º Arrondissement de Paris.
5.4. O 4º Arrondissement de Paris.
5.5. O 5º Arrondissement de Paris.
5.6. O 6º Arrondissement de Paris.
5.7. O 7º Arrondissement de Paris.
5.8. O 8º Arrondissement de Paris.
6. Onde ficar em Paris: do 9º ao 20º arrondissement.
6.1 O 18º Arrondissement de Paris.
7. Outras opções de hotéis em Paris.
8. Uma seleção de hostels em Paris.
9. Fuja das ciladas: dicas essenciais.
10. Um dicionário para usar nos hotéis.

ONDE FICAR EM PARIS – A DIFERENÇA ENTRE ARRONDISSEMENTS E BAIRROS.

Se você nunca esteve em Paris e começou a pesquisar sobre a cidade agora, deve ter dado de cara com um termo esquisito: arrondissement. E, num primeiro momento, muita gente pensa que arrondissement é sinônimo de bairro. Não é.

Você sabia que o seguro médico é item OBRIGATÓRIO em todas as viagens para a Europa? Se você ainda não contratou o seu clique aqui e cote com a SegurosPromo - empresa parceira do Imagina na Viagem. Evite perrengues nas suas férias! Utilizando o cupom de desconto IMAGINANAVIAGEM5 você ainda garante 5% de desconto na contratação do serviço!

Os arrondissements são distritos admininistrativos. Eles possuem administração própria (que funciona como uma espécie de sub-prefeitura) e, embora tenham nomes, são popularmente conhecidos por números ordinais (1º arrondissement, 2º arrondissement, e por aí vai…). Ao todo, são 20 arrondissements em Paris.

Onde ficar em Paris © Foto: Imagina na Viagem
Onde ficar em Paris © Foto: Imagina na Viagem

Enquanto isso, os bairros funcionam como divisões ainda menores. Cada arrondissement de Paris possui, atualmente, 4 bairros dentro de seu perímetro.

Quando falamos sobre onde ficar em Paris – bem como sobre localização na cidade de um modo geral – é muito mais comum utilizarmos como referência os arrondissements do que os bairros. Você verá essa forma de divisão em sites como o Booking.com ou o TripAdvisor, por exemplo. A exceção fica por conta de algumas regiões e/ou bairros mais famosos entre os turistas (como o Quartier Latin, Champs-Elysées, Montmartre e outros…), que acabam também figurando, vez ou outra, nas buscas.

COMO ESTÃO DISTRIBUÍDOS OS ARRONDISSEMENTS DE PARIS

Agora que você já sabe o que são os arrondissements, a gente pode passar para o próximo passo: entender de que forma eles se distribuem pela cidade. Em outras palavras: onde fica cada um deles.

Entender a distribuição dos arrondissements de Paris é fácil. Basta pensar em um caracol – ou escargot, já que estamos na França, né? A partir do 1º arrondissement – localizado bem na meiuca da cidade (mais precisamente ao redor do Louvre) – os demais se desenvolvem em espiral, no sentido horário. Assim, uma coisa a se ter em mente é: de um modo geral, quanto menor o número do arrondissement, mais central (e, consequentemente, mais próximo das principais atrações) ele será.

Procurando por passeios em Paris? Existem diversas empresas vendendo ingressos, tours e atividades na cidade. Nossa preferida entre todas elas é a PARISCityVISION.
Já perdi as contas de quantas vezes utilizamos seus serviços e as experiências sempre foram ótimas, por isso ela passou a ser também a nossa principal indicação por lá!

Com a PARISCityVISION você pode reservar tours pela cidade, passeios de barco ou comprar tickets "fura-filas" para os principais museus e atrações! Confira todas as opções disponíveis e compre antecipadamente em: www.pariscityvision.com

Pra ficar bem fácil de compreender, a gente preparou um mapinha com a divisão dos 20 arrondissements de Paris. Nele, você verá ainda a localização exata de alguns dos principais pontos turísticos e monumentos da cidade… uma cola indispensável na hora de escolher a sua hospedagem!


Duas curiosidades que podem ser úteis no planejamento ou durante a sua viagem:

  • Caso tenha dúvida sobre em qual arrondissement está localizado o hotel que você escolheu, basta dar uma conferida rápida no endereço. Depois do número e da rua, você encontrará um código postal. Em Paris, os códigos postais sempre são formados por 5 números: os três primeiros serão sempre 750 (o código da cidade de Paris), os dois últimos dizem respeito especificamente ao arrondissement. Por exemplo, um hotel cujo código postal é 75005, está localizado no 5º arrondissement. Já um endereço cujo código postal seja 75016, será parte do 16º arrondissement.
  • Andando pela cidade, também é fácil saber de forma exata em que arrondissement você se encontra. Em toda esquina, você encontrará placas azuis que informam, além do nome da rua, o arrondissement. Simples e sem mistério.

RIVE GAUCHE X RIVE DROITE

Outros dois termos que podem surgir na sua pesquisa por “onde ficar em Paris” são: Rive Gauche e Rive Droite – que significam, respectivamente, “margem esquerda” e “margem direita”.

Se você não tem o mapa de Paris na cabeça, vale a pena subir um pouquinho e dar uma segunda olhada no mapinha acima. Você verá que a cidade é cortada pelo rio Sena. E, com isso em mente, fica fácil de entender: tudo o que está acima do rio é Rive Droite, tudo o que está abaixo é Rive Gauche.

Onde ficar em Paris © Foto: Imagina na Viagem
Onde ficar em Paris © Foto: Imagina na Viagem

Assim, fazem parte da Rive Droite (a margem direita do Sena), 14 dentre os 20 arrondissements de Paris. São eles: 1º, 2º, 3º, 4º, 8º, 9º, 10º, 11º, 12º, 16º, 17º, 18º, 19º e 20º.

Já a Rive Gauche divide-se em 6 arrondissements. Mais precisamente: 5º, 6º, 7º, 13º, 14º e 15º.

MAS E AGORA… COMO ESCOLHER UM ARRONDISSEMENT?

Escolher onde ficar em Paris pode ser difícil, eu reconheço. A cidade é grande e possui uma oferta ENORME de hotéis, hostels, apartamentos de temporada e por aí vai. Por aqui, o primeiro passo é SEMPRE a definição da localização.

Para mim, estar “bem localizada” significa um combo de coisas. Em primeiro lugar, gosto de estar próxima às atrações que quero visitar. Isso me permite abrir mão dos transportes e percorrer a cidade a pé – maneira a qual considero perfeita em viagens. Também gosto de estar em regiões movimentadas, com boa oferta de restaurantes e serviços (como farmácias, mercadinhos, lojas variadas e etc.). Por fim, mas não menos importante, gosto de ficar em áreas onde me sinta segura. Em Paris, os arrondissements que atendem aos termos do meu combo vão do 1º ao 8º. E, não por menos, são as regiões que considero as melhores na cidade. Coincidência ou não, são também os arrondissements mais indicados, por quase todas as fontes, para quem visita a cidade a turismo…

Por tudo isso, são estas as regiões sobre as quais falaremos com mais detalhes a seguir. Ao final do guia, você encontrará também uma rápida introdução dos demais arrondissements (do 9 ao 20), afinal de contas, como eu bem lhe disse lá no começo, esse guia tem o objetivo de lhe dar as informações necessárias para que você determine, por sua conta, qual é a melhor localização no seu caso. E, nada impede que, por qualquer razão, o seu “combo particular de boa localização” dê match com o 18º arrondissement, por exemplo.

Onde ficar em Paris © Foto: Imagina na Viagem
Onde ficar em Paris © Foto: Imagina na Viagem

O importante é saber que, dentro de sua pluralidade, Paris tem um lugar ideal para todos. Seja você quem for, tenha as necessidades que tiver e o bolso de qualquer tamanho. E então, vamos passear pelos arrondissements centrais de Paris?

ONDE FICAR EM PARIS – DO 1º AO 8º ARRONDISSEMENT.

Verdade seja dita: se o seu “combo particular de boa localização” for parecido com o meu, saiba que escolhendo uma hospedagem entre o 1º e o 8º arrondissement, você sempre estará bem localizado.

Ainda que cada um destes arrondissements tenha suas particularidades (alguns são mais boêmios, outros mais residenciais, alguns possuem mais restaurantes de alta gastronomia, outros são ótimos para compras e por aí vai…), esteja você onde estiver, sempre estará a, no máximo, algumas quadras de tudo.

Quem se hospeda em qualquer arrondissement entre o 1º e o 8º tem a larga vantagem de poder, tranquilamente, percorrer a cidade à pé. Metrô, ônibus e outros meios de transporte existem em abundância, mas eu te garanto que caminhar por Paris será uma das melhores partes da sua viagem. É uma delícia quando a programação começa já na porta do hotel… quando deixamos que cada esquina revele uma surpresa. Na minha singela opinião, bem melhor do que começar o dia num vagão de metrô, com vista pro nada.

E, por falar em euros… em se tratando de investimento em hospedagem, você verá que as possibilidades são vastas no universo do 1º ao 8º arrondissements. É claro que por serem mais centrais, é natural que os valores de seus hotéis sejam um pouco mais elevados (em comparação com hotéis nos arrondissements mais afastados). Mas há sim opções com excelente custo-benefício. Nas sugestões listadas abaixo, você encontrará hotéis ótimos com diárias que variam entre 160 e 1.100 euros – para duas pessoas. Ou seja, dá pra ficar no centrão de Paris, em um óóótimo hotel, pagando cerca de 80 euros por pessoa, por dia. Com dois detalhes importantes: você não precisará gastar mais nada em transporte e ainda economizará no tempo de deslocamento. E, se tempo é dinheiro, em Paris o relógio corre em euros.

O 1º ARRONDISSEMENT DE PARIS

O 1º arrondissement de Paris é também chamado de Louvre. Seus quatro bairros são: Saint-Germain-l’Auxerrois, des Halles, Palais-Royal e Place Vendôme.

Trata-se de uma região supermovimentada, com algumas dentre as principais atrações da cidade e muito comércio. Possui alguns dos mais espetaculares hotéis da cidade e algumas opções com bom custo-benefício. Por sua localização (mais central impossível) costuma, no geral, ter preços um pouco mais altos.

PONTOS TURÍSTICOS:

  • Louvre
  • Palais Royal
  • Jardim das Tulherias
  • Les Halles
  • Saint-Chapelle
  • Conciergerie

HOTÉIS EM PARIS – 1º ARRONDISSEMENT:

Onde ficar em Paris © Nolinski Paris / Divulgação

Nolinski Paris *****
Avaliação Booking: 9,3 – Fantástico (934 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 123 de 1.828 hotéis em Paris.
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €430
Reservas emNolinski Paris – Booking

Foto: © Nolinski Paris / Divulgação


O Nolinski conta com SPA com piscina, sauna, banho turco e salas de massagem. Seus quartos são bem decorados e equipados (com ar-condicionado, aquecimento, frigobar, isolamento acústico, wifi gratuito e tudo mais que um bom 5 estrelas pode oferecer) – e alguns deles possuem varandas com vista para a cidade. Entre os mimos para os hóspedes, o hotel disponibiliza um smartphone com internet e chamadas telefônicas ilimitadas ao longo de toda a estadia. Ah… e a equipe fala português!


Onde ficar em Paris © Hôtel Molière / Divulgação

Hôtel Molière ***
Avaliação Booking:
 9,3 – Fantástico (674 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 23 de 1.828 hotéis em Paris.
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €210
Reservas emHôtel Molière – Booking

Foto: © Hôtel Molière / Divulgação


Uma combinação bacana entre ótima localização e bom nível de conforto. O Hôtel Molière está a apenas 2 minutos a pé do Louvre e possui quartos equipados com ar-condicionado/aquecimento, frigobar, serviço de chá e café, TV tela plana com canais via satélite e wifi gratuito. Há ainda um centro de bem-estar com academia, sauna e banho turco.


O 2º ARRONDISSEMENT DE PARIS

O 2º arrondissement de Paris é o menor dentre todos os arrondissements da cidade. Chamado também de Bourse, é verdade que ele não possui grandes atrativos em seu perímetro, mas ainda assim, pode ser uma boa opção. Localizado acima do 1ºarr., ele ainda está bem próximo ao burburinho turístico da cidade e oferece uma boa variedade de restaurantes e lojas em geral.

PONTOS TURÍSTICOS:

  • Biblioteca Nacional da França

HOTÉIS EM PARIS – 2º ARRONDISSEMENT:

Onde ficar em Paris © Park Hyatt Paris Vendome / Divulgação

Park Hyatt Vendôme *****
Avaliação Booking:
 9,0 – Fantástico (132 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 45 de 1828 hotéis em Paris.
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €790
Reservas emPark Hyatt Vendôme – Booking

Foto: © Park Hyatt / Divulgação


Opção perfeita para quem sonha com dias de luxo e sofisticação, o Park Hyatt Vendôme é um tradicionalíssimo que merece a sua atenção. A 2 minutos da Ópera Garnier, o cinco estrelas tem vantagens de sobra. A lista começa com um grande e maravilhoso spa e três restaurantes – incluindo o Le Pur’, premiado com 1 estrela Michelin. Há ainda estacionamento privativo para os hóspedes e, claro, muito conforto nas suítes. Os quartos são (todos!) bastante espaçosos, bem equipados e decorados com bom gosto. A equipe fala português.


Onde ficar em Paris © 123 Sébastopol - Astotel / Divulgação

123 Sébastopol – Astotel ****
Avaliação Booking:
 9,2 – Fantástico (703 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 49 de 1828 hotéis em Paris.
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €200
Reservas em123 Sébastopol – Booking

Foto: © 123 Sébastopol – Astotel / Divulgação


Taí uma opção com bom custo-benefício… uma boa pedida para quem quer ficar num ótimo hotel, sem gastar tanto. Distante apenas alguns minutos da Place de la République, o 123 Sébastopol oferece quartos inspirados na 7ª arte. Todos possuem ar condicionado, TV de tela plana, frigobar (com água e refrigerantes grátis). Agora quer saber do melhor? Todos os dias, o hotel oferece lanches e bebidas não alcoolicas como cortesia para seus hóspedes em um lounge no saguão. Ah… para os conectados: o wifi é gratuito em todas as dependências do hotel. A equipe fala português.


O 3º ARRONDISSEMENT DE PARIS

O 3º arrondissement de Paris é também conhecido como Temple. Junto com o 4ºarr., ele forma a região do Marais. E, se você já pesquisou um pouquinho sobre a cidade, é bem capaz de já ter ouvido falar no Marais. Um dos principais redutos boêmios da cidade, o Marais é daqueles lugares que nos convidam a estar na rua, a qualquer hora do dia. Por estar acima do 4ºarr – ou seja, um bocadinho mais afastado das principais atrações da cidade – é possível encontrar opções excelentes por preços atrativos.

Uma dica extra? Ficando no 3ºarr., não deixe de tirar um dia para passear pelo Canal San-Martin. O estreito canal, com suas eclusas e pontes, garante um passeio agradabilíssimo – muita gente escolhe o lugar para um lanche ou picnic, por exemplo. Fica no 10ºarr., mas bem pertinho da divisa com o 3º.

PONTOS TURÍSTICOS:

  • Museu Picasso
  • Museu de Arte e História Judaicas e Jardim de Anne Frank

HOTÉIS EM PARIS – 3º ARRONDISSEMENT:

Onde ficar em Paris © Hotel Pavillon de la Reine / Divulgação

Le Pavillon de la Reine & Spa *****
Avaliação Booking:
 9,1 – Fantástico (446 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 119 de 1.828 hotéis em Paris
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €370
Reservas emLe Pavillon de la Reine – Booking

Foto: © Hotel Pavillon de la Reine / Divulgação


Localizado bem na “divisa” entre o 3º e o 4º arrondissements, o Le Pavillon de la Reine tem um endereço famoso e bastante cobiçado: a linda Place des Vosges. A praça é (nada menos que) uma das mais belas de toda Paris, além de abrigar a antiga residência de Victor Hugo. Nada mal tirar onda de “vizinho” de um dos maiores escritores do mundo durante alguns dias, não? O hotel conta com SPA, academia, lounge, bar, business center, serviço de câmbio e estacionamento privativo gratuito para os hóspedes. Nos quartos, você encontrará (dentre outras comodidades) ar-condicionado/aquecimento, TV de tela plana, frigobar e isolamento acústico. O wifi é gratuito.


Onde ficar em Paris © La Chambre du Marais / Divulgação

La Chambre du Marais ***
Avaliação Booking:
 9,3 – Fantástico (402 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 17 de 1.828 hotéis em Paris
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €240
Reservas emLa Chambre du Marais – Booking

Foto: ©La Chambre du Marais / Divulgação


Uma das propriedades mais bem avaliadas de Paris, o La Chambre du Marais está a uma curta caminhada do Centro Georges Pompidou. Seus quartos possuem vista para a cidade, ar-condicionado/aquecimento, TV tela plana, isolamento acústico e wifi gratuito. Nos banheiros: roupões, chinelos e amenidades de banho gratuitas.


O 4º ARRONDISSEMENT DE PARIS

Ele se chama Hôtel de Ville e é o queridinho de muita gente que conhece Paris como a palma da mão. Parte mais badalada do Marais, o 4º arrondissement de Paris é recheado de atrações, restaurantes, lojas dos mais diversos tipos e todos os serviços que você pode precisar.

O 4º arrondissement é recheado de pluralidade… pode ser agitado, mas também possui cantinhos onde o tempo parece parar (como a Place des Voges), pode ter “carinha de antigo”, mas abriga um dos mais modernos museus da cidade (o Centre Georges Pompidou). Ele tem a boemia em sua essência… noites de música e drinks correndo soltas bem do ladinho de um dos templos religiosos mais famosos do mundo: a Notre-Dame de Paris. Por fim, mas não menos importante, é considerado pelo público LGBT como o bairro “gay-friendly” de Paris.

PONTOS TURÍSTICOS:

  • Catedral de Notre-Dame
  • Centre Georges-Pompidou
  • Hôtel de Ville
  • Place des Vosges
  • Praça da Bastilha

HOTÉIS EM PARIS – 4º ARRONDISSEMENT:

Onde ficar em Paris © Hotel Dupond-Smith / Divulgação

Hotel Dupond-Smith *****
Avaliação Booking:
 9,2 – Fantástico (72 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 51 de 1.828 hotéis em Paris.
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €410
Reservas emHotel Dupond-Smith – Booking

Foto: © Hotel Dupond-Smith / Divulgação


Um bom cinco estrelas na região do Marais. Seus quartos – bastante confortáveis – possuem ar-condicionado/aquecimento, TV tela plana, serviço de chá e café, frigobar… O wifi é gratuito em todas as áreas do hotel e a há serviço de concierge e balcão de turismo – ótimo para comprar o ingresso daquele ponto turístico que você esqueceu.


Onde ficar em Paris © Hotel de Joséphine Bonaparte / Divulgação

Hôtel de Joséphine BONAPARTE ****
Avaliação Booking:
 9,0 – Fantástico (2007 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 11 de 1.828 hotéis em Paris.
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €265
Reservas emHotel JoBo – Booking

Foto: © Hotel de Joséphine Bonaparte / Divulgação


Com excelente avaliação nos comparadores (Booking, TripAdvisor e etc.), o Hotel JoBo (o apelido simplificado para JOséphine BOnaparte), possui quartos equipados com TV de tela plana, isolamento acústico, ar-condicionado/aquecimento, frigobar, serviços de café e chá e wifi gratuito. Algumas suítes contam, ainda, com banheira e vista para a cidade. Um quatro estrelas bem completinho, com valor justo para o que entrega.


O 5º ARRONDISSEMENT DE PARIS

Antes de mais nada, devo dizer que sou suspeita para falar sobre o 5º arrondissement – ou Panthéon, como também pode ser chamado. Foi ali que fiquei hospedada quando estive na cidade pela primeira vez e, desde então, mesmo já tendo tido experiências bacanas em outros arrodissements, assumi o 5º como meu preferido. E te explico o porquê.

Em primeiro lugar, ele é perto de tudo, o que significa que você só precisará de transporte público para se locomover pela cidade se quiser. A praticidade se estende à enorme oferta de restaurantes e comércio em geral. As opções vão desde a alta-gastronomia aos “menus turísticos” – que estão em maioria, é preciso dizer. O que não faltam são pizzarias, creperias, restaurantes italianos, gregos… sempre ladeados por uma lojinha de souvenir. É também uma região solar e repleta de jovens – ali está a Sorbonne, uma das mais tradicionais universidades de toda a França. Em resumo, trata-se de uma área que mistura, de forma harmoniosa, a vida real parisiense (com cafés, pequenos cinemas de rua, ou grupos de estudantes passando a matéria nos degraus do Pantheón) com todo entusiasmo dos turistas que visitam a cidade.

Se tudo isso ainda não te fez entrar pro time do 5º arrondissement, preciso te dizer que, em função da grande oferta de hotéis por ali, os preços tendem a ser bastante competitivos.

Eu disse que era suspeita…

PONTOS TURÍSTICOS:

  • Pantheón
  • Museu de História Natural
  • Museu de Cluny
  • Jardim Botânico
  • Mesquita de Paris

HOTÉIS EM PARIS – 5º ARRONDISSEMENT:

Onde ficar em Paris © Hotel Monge / Divulgação

Hotel Monge ****
Avaliação Booking:
 9,4 – Fantástico (407 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 3 de 1.828 hotéis em Paris.
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €180
Reservas emHotel Monge – Booking

Foto: © Hotel Monge / Divulgação


Se você procura por excelente custo-benefício, o Monge – definitivamente – deveria ser a sua escolha em Paris. Não por menos, o hotel é classificado (consulta em Fevereiro de 2019) como o terceiro melhor hotel da cidade – levando em consideração, é claro, a relação conforto X localização X investimento. Seus quartos possuem ar-condicionado/aquecimento, wifi gratuito, TV de tela plana, banheiro privativo com secador de cabelos e amenidades de banho. Há ainda um centro de bem estar com banho turco e serviço de massagens (custo adicional). Além de um bar e uma sala de chá. Tudo isso, no meu arrondissement preferido e com um precinho mais do que camarada para um quatro estrelas!


Onde ficar em Paris © Select Hotel / Divulgação

Select Hotel ***
Avaliação Booking:
 9,0 – Fantástico (2007 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 359 de 1.828 hotéis em Paris.
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €160
Reservas emSelect Hotel – Booking

Foto: © Select Hotel / Divulgação


Outra boa opção com ótimo custo-benefício no 5º arrondissement, o Select Hotel fica na pequenina praça da Sorbonne. Uma área tranquila, porém a 3 minutos a pé de todo o burburinho do Quartier Latin. De lá, é possível conhecer boa parte da cidade sem recorrer aos transportes públicos. Os quartos possuem, entre outras comodidades, ar-condicionado/aquecimento, TV de tela plana com canais a satélite e wi-fi gratuito. O hotel ainda conta com salão de chá, bar e um balcão de turismo onde é possível comprar tickets para a maior parte das atrações de Paris. O preço é uma excelente vantagem por aqui!


O 6º ARRONDISSEMENT DE PARIS

Eu diria que o 6º arrondissement de Paris é uma ótima opção para quem busca uma atmosfera tranquila e sofisticada, mas não abre mão de um certo nível de atividade social. A Boulevard Saint Germain é sua rua principal, e conta com bastante movimento. Por entre galerias de arte, cafés e bistrôs, em Louxembourg (como também é chamado aquele arrondissement) a cidade é viva, mas sem excessos. Também conhecida como a região dos intelectuais.

Por ali, você estará a uma caminhada de qualquer ponto de interesse parisiense. O que é ótimo. Mas não deixe de aproveitar também os muitos atrativos da vizinhança, como a belíssima Saint-Germain-des-Prés (a mais antiga igreja de Paris), e o ar puro dos jardins de Luxemburgo.

Em se tratando de hotéis, a região é famosa pelos hotéis-boutique – estabelecimentos pequenos que prezam pelo atendimento individualizado, pelo conforto e sofisticação. Os preços podem ser um pouquinho altos, mas quem pesquisa consegue encontrar algumas opções cujo custo-benefício é favorável.

PONTOS TURÍSTICOS:

  • Jardim e Palácio de Luxemburgo
  • Igreja de Saint-Germain-des-Prés
  • Igreja de Saint Sulpice
  • Odeon
  • Fonte Saint Michel

HOTÉIS EM PARIS – 6º ARRONDISSEMENT:

Onde ficar em Paris © Hotel D'Albusson / Divulgação

Hôtel D’Aubusson *****
Avaliação Booking:
 9,3 – Fantástico (798 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 33 de 1.828 hotéis em Paris.
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €500
Reservas emHôtel D’Aubusson – Booking

Foto: © Hotel D’Albusson / Divulgação


Se você sonha com palácios franceses, esse hotel é certamente a escolha perfeita pra você. Com decoração clássica, lustres pomposos, pesadas cortinas e mobília de época, o Hôtel D’Aubusson foi edificado numa antiga mansão do século XVII e optou por manter todo o charme da construção original. Os quartos são variados, com opções mais modernas até suítes com camas com dossel. Todos possuem ar-condicionado/aquecimento, TV de tela plana, isolamento acústico, serviço de café (Nespresso) e chá e wifi gratuito – além de todas as outras mordomias de um 5 estrelas. Nos banheiros, revestidos em mármore, há amenidades de banho Hèrmes (gratuitas, é claro!). O hotel ainda conta com seu próprio bar de jazz, serviço de transfer de e para o aeroporto e balcão de turismo.


Onde ficar em Paris © Artus Hotel by MH / Divulgação

Artus Hotel by MH ****
Avaliação Booking:
 9,0 – Fantástico (309 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 69 de 1.828 hotéis em Paris.
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €210
Reservas emArtus Hotel – Booking

Foto: © Artus Hotel by MH / Divulgação


Um charmoso hotel boutique, no coração de Paris. Oferece sauna e academia. Os quartos são bem decorados e equipados com ar-condicionado/aquecimento, isolamento acústico, frigobar e TV de tela plana. Os banheiros contam com roupões e chinelos para todos os hóspedes. A internet wifi é gratuita em todos os ambientes do hotel.


O 7º ARRONDISSEMENT DE PARIS

Seguindo a linha de seu antecessor, o 7º arrondissement de Paris – ou Palais Bourbon – é sinônimo de sofisticação. Na minha opinião, diferença reside basicamente no fato de que o Palais Bourbon tem uma atmosfera um pouco mais residencial. A quantidade de restaurantes e serviços é menor, o volume de pessoas passeando pelas ruas também… a exceção fica por conta dos arredores da Torre Eiffel e dos Inválidos – áreas estrategicamente preparadas para receber os turistas, é claro.

Ainda assim, é – como todos os arrondissements citados aqui – um ponto supercentral da cidade. Razão pela qual escolher um hotel por ali tem, sim, grandes vantagens. Ah, e não esqueçamos: o risco de entrar no quarto do hotel e dar de cara com a Torre Eiffel na janela é tentador, não?

PONTOS TURÍSTICOS:

  • Torre Eiffel
  • Les Invalides
  • Museu d’Orsay
  • Museu Rodin

HOTÉIS EM PARIS – 7º ARRONDISSEMENT:

Onde ficar em Paris © Hotel Le Narcisse Blanc / Divulgação

Le Narcisse Blanc Hotel & Spa *****
Avaliação Booking:
 9,4 – Fantástico (407 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 8 de 1.828 hotéis em Paris.
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €500
Reservas emLe Narcisse Blanc – Booking

Foto: © Hotel Le Narcisse Blanc / Divulgação


Com avaliações excelentes e classificado como um dos melhores hotéis de Paris, o La Narcisse Blanc oferece quartos claros e espaçosos, equipados com ar-condiconado, frigobar, isolamento acústico, cafeteira, TV de tela plana com canais a cabo. Nos banheiros (com banheira ou chuveiro), há roupões e chinelos. Algumas suítes contam ainda com terraço privativo. O hotel ainda oferece um centro de bem estar com sauna, piscina, banho turco e academia, serviço de manobrista, estacionamento privativo e um restaurante. O wifi gratuito é gratuito em todas as dependências do hotel.


Onde ficar em Paris © Relais Bosquet / Divulgação

Hotel Relais Bosquet Paris ***
Avaliação Booking:
 9,0 – Fantástico (756 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 101 de 1.828 hotéis em Paris.
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €190
Reservas emRelais Bosquet – Booking

Foto: © Relais Bosquet / Divulgação


Bom custo-benefício. Quartos com ar-condicionado/aquecimento, TV de tela plana, isolamento acústico, frigobar, serviço de café e chá, banheiros privativos com banheira. O wifi é gratuito. Existem quartos adaptados para PNE.


O 8º ARRONDISSEMENT DE PARIS

Élysée. O 8º arrondissement de Paris não poderia mesmo ter outro nome. Cortado, de uma ponta a outra, pela emblemática Avenue des Champs Élysées, este arrondissement oferece um grande número de vantagens.

Em primeiro lugar, é ali que a vida comercial de Paris costuma se prolongar mais. Enquanto as lojas nos demais pontos da cidade já estão fechando suas portas, o agito segue fervente na Champs Elysées. Isso é ótimo para quem tem disposição de sobra e, depois de um dia passeando pela cidade, ainda quer bater perna por perto do hotel. Nessa mesma linha, é preciso destacar que a oferta de serviços é excelente… restaurantes a perder de vista, mercadinhos, farmácias e tudo mais. É bem verdade que alguns deles podem se aproveitar do CEP para inflacionar um pouco os preços, mas, estando atento, é fácil encontrar estabelecimentos que cobrem o justo.

A quantidade de pontos turísticos na região também pode ser vista como um ponto favorável… numa caminhadinha rápida dá pra chegar ao Arco do Triunfo, à imponente La Madeleine ou tantos outros monumentos espalhados por ali. Também é uma escolha ímpar para quem é fã de alta-costura e quer estar próximo das maisons mais badaladas (nada mal ter a Avenida Montaigne como vizinha, não?). O mesmo vale para os entusiastas da alta gastronomia – que terão seus olhos brilhando com a boa oferta de restaurantes estrelados na região.

Por último, resta dizer que fica no 8º Arr. a residência oficial do presidente da França – o Palais de l’Élyssés. E, convenhamos, quando o cara mais importante do país mora em um distrito, ele deve ser mesmo ótimo, não? Pois bem, eu – embora seja uma figurinha bem menos prestigiada – já tive a experiência de me hospedar no 8º Arr. e posso atestar: foi realmente uma boa pedida!

PONTOS TURÍSTICOS:

  • Arco do Triunfo
  • Avenue des Champs Élysées
  • La Madeleine
  • Place de la Concorde
  • Grand e Petit Palais

HOTÉIS EM PARIS – 8º ARRONDISSEMENT:

Onde ficar em Paris © Hotel Le Bristol Paris / Divulgação

Le Bristol Paris *****
Avaliação Booking:
 9,4 – Fantástico (122 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 2 de 1.828 hotéis em Paris.
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €1.100
Reservas emLe Bristol – Booking

Foto: © Hotel Le Bristol Paris / Divulgação


Hotel mais caro desta lista, o Le Bristol vale o que custa… não por menos, recebe excelente avaliação de seus hóspedes sendo, atualmente (em Fevereiro de 2019), classificado como o segundo melhor hotel de toda a cidade. O que ele tem de tão especial? Um terraço com piscina e vista para a Torre Eiffel, o Le Bristol by La Prairie (reconhecido como um dos melhores SPAs da cidade), dois restaurantes premiados pelo Guia Michelin – sendo um deles 3 estrelas -, clube infantil dedicado exclusivamente aos hóspedes miúdos, estacionamento privativo com estação de carga para veículos elétricos e muitas outras mordomias. Os quartos são espaçosos e finamente decorados. Possuem, dentre outras coisas, ar-condicionado/aquecimento, TV de tela plana, isolamento acústico, wifi gratuito, videogame e banheiros com pia dupla, banheira de hidromassagem e toilette separado – excelente para quem viaja em casal, dupla ou família e preza pela privacidade. Há quartos inteiramente adaptados para PNE e suítes que podem ser preparadas também para crianças e bebês (com protetores de tomadas, jogos, DVDs e etc).


Onde ficar em Paris © Hôtel Augustin - Astotel / Divulgação

Hôtel Augustin – Astotel ***
Avaliação Booking:
 9,1 – Fantástico (830 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 56 de 1.828 hotéis em Paris.
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €180
Reservas emHôtel Augustin – Booking

Onde ficar em Paris © Hôtel Augustin – Astotel / Divulgação


Mais uma excelente opção para quem busca conforto e economia. O Hôtel Augustin tem quartos com decoração moderna, equipados com ar- condicionado/aquecimento, isolamento acústico, wifi gratuito, TV e bebidas não alcoolicas gratuitas no minibar. Os banheiros são privativos e contam com secador de cabelo e amenidades de banho. Lanches e bebidas não alcoólicas são servidos à tarde e à noite, gratuitamente, no saguão do hotel. Alguns quartos possuem janelas com vista da cidade. Há quartos adaptados para PNE.


ONDE FICAR EM PARIS – DO 9º AO 20º ARRONDISSEMENT.

Mas, Marina… você falou um bocado sobre os primeiros arrondissements, disse que eles são ótimos e coisa e tal. Isso significa que ficar nos outros arrondissements é ruim? Vamos lá… vou usar toda minha honestidade para lhe responder essa questão.

Para mim, com base apenas nas minhas necessidades particulares – o combo ao qual me referi lá em cima (proximidade, praticidade e segurança) –, ficar nos demais arrondissements não me proporcionaria uma experiência bacana. Mas, atenção: isso não significa que será igual para você. Cada um sabe onde lhe aperta o calo. Se dentro do seu “combo da boa localização” você considera, por exemplo, a economia como um fator mais importante do que a proximidade com seus pontos de interesse, é bem possível que a melhor opção para você seja diferente da minha melhor opção, entende?

Os arrondissements que vão do 9º ao 20º têm duas características em comum: são mais afastados e nada turísticos. Isso significa que a oferta de serviços (restaurantes variados, lojas e etc.) também pode ser menor, assim como a facilidade para se comunicar em outras línguas (que não o francês). Isso significa também que, invariavelmente, você precisará utilizar o transporte público como forma de locomoção. Então, vale a pena colocar na ponta do lápis e descobrir se a economia que você fará é tão grande assim, a ponto de compensar essas questões.

Por experiência própria, posso lhe dizer que ficar em uma localização afastada pode nos dar uma impressão bastante distinta da cidade e comprometer a experiência do viajante. Isso aconteceu conosco em Berlim, por exemplo. Ficamos numa área tão diferente do “centro” da cidade, que acabamos não conseguindo criar uma identificação tão grande com a Berlim sobre a qual sempre ouvimos falar. Vimos aquela Berlim? Sim, vimos. Mas vivemos uma Berlim diferente. Resultado? Me sinto na obrigação de voltar à capital alemã para dar a ela (e nós) uma segunda oportunidade. Pra mim, a economia não valeu a pena.

Há que de destacar, no entanto, um arrondissement especial dentre estes menos “privilegiados”. Trata-se do 18º, cuja atmosfera e atrações podem compensar a distância para algumas pessoas… dele, eu falo em mais detalhes logo abaixo.

A EXCEÇÃO: O 18º ARRONDISSEMENT DE PARIS

Seu nome completo é Butte-Montmartre… mas você deve conhecê-lo, simplesmente, como Montmartre. O 18º arrondissement de Paris foi retratado em filmes (quem aí assistiu O Fabuloso Destino de Amélie Poulan, hein?), quadros e livros… e é carinhosamente reconhecido como o distrito das artes de Paris.

Entre seus atrativos estão a imponente Sacré-Coeur, a Place du Tertre – para muitos, a mais parisiense de todas as praças – e o Moulin Rouge. E, bom, eu nem preciso dizer que um distrito que abriga os artistas e o mais famoso cabaré da cidade tem uma pegada absolutamente noturna e boêmia, não?

Dentre as desvantagens, está a distância – você precisará recorrer ao ônibus ou metrô sempre que quiser sair ou voltar para o seu hotel – e uma certa sensação de insegurança. Em alguns pontos do distrito, as ruas estreitas e falta de muita gente circulando podem dar um ar meio sombrio à vizinhança… vale a pena pesquisar direitinho o endereço do seu hotel e verificar como é a redondeza antes de fechar negócio. Por outro lado, os hotéis costumam ter preços bem competitivos.

PONTOS TURÍSTICOS:

  • Sacré-Coeur
  • Place du Tertre
  • Museu Salvador Dalí
  • Moulin Rouge
  • Le mur des je t’aime (o muro dos “Eu te amo”)

HOTÉIS EM PARIS – 18º ARRONDISSEMENT:

Onde ficar em Paris © Hotel Le Relais Montmartre / Divulgação

Le Relais Montmartre  ****
Avaliação Booking:
 9,2 – Fantástico (510 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 60 de 1.823 hotéis em Paris.
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €100
Reservas emLe Relais Montmartre – Booking

Foto: © Hotel Le Relais Montmartre / Divulgação


Com excelente preço, o Le Relais Montmartre oferece quartos com banheiro privativo (com secador de cabelos e amenidades de banho), TV de tela plana, wifi gratuito, serviço de café e chá e frigobar. O hotel pode não contar com uma super infraestrutura, mas compensa pelo preço – e pode ser uma ótima opção para quem não espera luxo e/ou planeja passar grande parte do dia na rua.


Onde ficar em Paris © Hôtel des Arts Montmartre / Divulgação

Hôtel des Arts Montmartre ***
Avaliação Booking:
 9,0 – Fantástico (723 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 134 de 1.823 hotéis em Paris.
Valor médio (uma diária para duas pessoas): €170
Reservas emHôtel des Arts – Booking

Foto: © Hôtel des Arts Montmartre / Divulgação


O hotel oferece quartos com isolamento acústico, TV de tela plana e Wi-Fi gratuito. Algumas acomodações contam também com vista para Montmartre.


ONDE FICAR EM PARIS: OUTRAS OPÇÕES DE HOTÉIS EM PARIS.

Se nenhum das sugestões de hotéis acima, falou ao seu coração, sem crise! Existem milhares de outras opções na cidade… e certamente alguma delas vai encaixar direitinho com o que você procura.

Agora que você já está bem situado na cidade e sabe exatamente quais são os lugares ideias para você, pode ser uma boa pesquisar diretamente no mapa. O Booking.com tem uma ferramenta bastante útil nesses casos… e, para facilitar a sua vida, resolvi incluí-la logo abaixo. Pode passear no mapa à vontade e escolher, com carinho, um lugar pra chamar de casa em Paris.

Booking.com

EXTRA: HOSTELS EM PARIS

Se você é mochileiro, se viaja com a grana curta e/ou procura por um lugar onde possa dormir/socializar/curtir (tudo junto e misturado), os hostels são uma ótima opção.

Populares por toda a Europa, em Paris não seria diferente… há um punhado deles, espalhados por todos os cantos da cidade – embora seja mais difícil encontrá-los nos arrondissements mais badalados. Os preços são quase sempre bastante acessíveis, e há opções de quartos individuais, duplos ou coletivos, além de banheiros privativos ou não.

Abaixo, você encontra a nossa seleção de 5 bons hostels em Paris:

Le Village Montmartre by Hiphophostels
Avaliação Booking:
 8,4 – Muito bom (1593 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 12 de 267 hotéis especializados em Paris.
Valor médio (uma diária para uma pessoa): €31
Reservas emLe Village – Booking

Onde ficar em Paris © Le Village Montmartre by Hiphophostels / Divulgação


Young and Happy Latin Quarter by Hiphophostels
Avaliação Booking:
 7,6 – Bom (2529 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 48 de 267 hotéis especializados em Paris.
Valor médio (uma diária para uma pessoa): €27
Reservas emYoung and Happy – Booking

Onde ficar em Paris © Young and Happy Latin Quarter by Hiphophostels / Divulgação


Les Piaules 
Avaliação Booking:
 8,6 – Fabuloso (2906 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 9 de 267 hotéis especializados em Paris.
Valor médio (uma diária para uma pessoa): €33
Reservas emLes Piaules – Booking

Foto: © Les Piaules / Divulgação


The Loft Boutique Hostel 
Avaliação Booking:
 8,2 – Muito bom (1881 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 29 de 267 hotéis especializados em Paris.
Valor médio (uma diária para uma pessoa): €28
Reservas emThe Loft – Booking

Foto: © The Loft Boutique Hostel  / Divulgação


Vintage Paris Gare du Nord by Hiphophostels
Avaliação Booking:
 8,2 – Muito bom (2755 avaliações).
Avaliação TripAdvisor: 30 de 267 hotéis especializados em Paris.
Valor médio (uma diária para uma pessoa): €34
Reservas emVintage Paris – Booking

Foto: © Vintage Paris Gare du Nord by Hiphophostels / Divulgação

FUJA DAS CILADAS: o que você precisa saber na hora de reservar o seu hotel em Paris.

  • Já falei sobre a importância da localização, né? Pois bem, não abra mão de uma boa localização – o que quer que isso signifique pra você.
  • Quartos grandes são como lenda em Paris. A não ser que você escolha um superhotel 5 estrelas, nem gaste seu tempo procurando por quartos muito espaçosos. Por isso também, se a sua viagem é curtinha, cai bem maneirar no tamanho das malas… já fiz viagens longas para as quais precisava de malas grandes e, quando cheguei em Paris, foi um sufoco conseguir acomodá-las no quarto.
  • O Google Streetview é um excelente aliado na hora de escolher o seu hotel – e isso para qualquer viagem. É sempre legal dar uma olhada na rua, “sentir o clima” da vizinhança, ainda que de forma virtual… se você for como eu, já chegará na cidade sabendo inclusive onde fica a farmácia mais próxima, o mercadinho mais arrumado e o caminho certo para as atrações que deseja visitar.
  • A depender da época da sua viagem, sempre vale a pena checar se o hotel possui quartos com ar-condicionado ou sistema de calefação. Paris faz muito frio no inverno e durante o verão pode sofrer com temperaturas bastante altas. Convém estar atento.
  • Escolheu uma localização um bocadinho mais distante? Tudo bem, vai… mas então não deixe de, pelo menos, levar consigo uma colinha do mapa do metrô ou um celular com internet onde você possa consultar o maps. Vai precisar!
  • Lembre-se de colocar em uma mala um adaptador de tomadas – alguns hotéis oferecem, mas é sempre bom garantir. E nem adianta levar equipamentos que funcionem apenas em 110v, em Paris a voltagem padrão é 220v.

DICIONÁRIO ÚTIL

E, por fim, pra facilitar a sua vida, aí vai um dicionário esperto Português – Francês para usar antes e durante a sua hospedagem.

  • Quarto = chambre
  • Banheiro = salle de bains
  • Banheira = baignoire
  • Café da manhã = petit déjeuner
  • Não incluso na diária = en supplément
  • Cama de casal = lit double
  • Cama extra = lit supplémentaire
  • Travesseiro extra = oreiller supplémentaire
  • Cobertor = couverture
  • Berço = crèche
  • Ar condicionado = air conditionné
  • Serviço de quarto = service de chambre
  • Camareira = femme de chambre
  • Lavanderia = le linge
  • Estacionamento = parking
  • Senha do wifi = mot de passe wifi
  • Adaptador de tomadas = adaptateur secteur
  • Secador de cabelos = sèche cheveux
  • Mala = valise
  • Portador de necessidades especiais = personne handicapée
  • Mobilidade reduzida = mobilité réduite
  • Estadia mínima = durée minimum de séjour
  • Cancelamento gratuito = annulation gratuite

Leia mais:
+ Compras em Paris – dicas para comprar bem e barato na Cidade Luz.
+ Roadtrip pela França – de Paris à Côte d’Azur.
+ 10 cidades da França que você precisa conhecer!
+ Hop On Hop Off em Paris – vale a pena fazer?
+ Paris Museum Pass: vale a pena mesmo?

PLANEJE SUA VIAGEM E RESERVE AQUI!


Quando você faz uma reserva através de nossos links, nós ganhamos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ajuda o Imagina na Viagem a continuar produzindo conteúdo e trazendo dicas pra você! Então, o que tá esperando? Faça a sua reserva e nos dê uma força!


Post Anterior

Onde ficar em Amsterdam - Uma seleção de hotéis, hostels e até barcos!

Próximo Post

Hotel Cristina – excelente custo-benefício na apaixonante Sorrento.

Comentários

Deixe registrado seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.