New York CityPASS – conheça as vantagens do passe!

Se engana quem pensa que Nova York é um destino apenas para compras. A Big Apple tem uma série de atrações super interessantes que merecem a sua atenção. Visitar o Empire State ao pôr do sol, ver de pertinho a Estátua da Liberdade, se emocionar no memorial ao 11 de Setembro ou vivenciar uma verdadeira aula no Museu de História Natural são experiências ricas e deliciosas… Se isso também faz a sua cabeça, ter um CityPass pode facilitar bastante as coisas e – o melhor – lhe fazer poupar uma quantidade considerável de dólares.

New York (Foto: WePlann | CC BY-SA 2.0)

Para saber mais sobre este passe e todos os seus benefícios, confira o post que preparemos a respeito. Além dos detalhes sobre o CityPass você encontra uma sugestão esperta de onde comprar o seu em Reais, livre de IOF e parcelando no cartão de crédito!

 

O QUE É O CITYPASS

Já pensou se houvesse uma maneira de percorrer alguns dentre os principais pontos turísticos de Nova York gastando pouco e furando filas? Pois é… os passes turísticos são boas opções para quem tem pouco tempo e quer aproveitar ao máximo a cidade, sem gastar rios de dólares para isso. O CityPass é um deles. Ele garante acesso gratuito às atrações de Nova York e ainda te livra das filas.

Trata-se de uma excelente opção para quem pretende fazer um roteiro mais leve, com um número menor de atrações na agenda e um tempo maior para descobrir a cidade sem pressa. Diferentemente da grande maioria dos passes turísticos – que oferecem variados pacotes de dias válidos – o CityPass conta com apenas uma “versão”. Comprando o CityPass, a partir do primeiro uso, você tem direito a 9 dias corridos para visitar as atrações no seu tempo. Sem pressa ou correria no roteiro.

New York (Foto: WePlann | CC BY-SA 2.0)

 

O QUE ESTÁ INCLUÍDO NO PASSE?

Quem compra o passe, pode usufruir de seus benefícios em até 6 atrações, sendo três delas fixas e três a escolher.

As três atrações fixas são:

  1. Empire State Building
  2. The Metropolitan Museum of Art (MET)
  3. American Museum of Natural History.

E, além delas, você pode escolher entre:

  1. Top of the Rock ou o Guggenheim Museum
  2. 9/11 Memorial Museum ou o Intrepid Sea, Air & Space Museum​
  3. Estátua da Liberdade e Ellis Island ou um cruzeiro de 2h pelo sul de Manhattan​!
New York (Foto: WePlann | CC BY-SA 2.0)

A depender das atrações que você deseja visitar, é possível poupar cerca de 40% no valor final. Uma economia tamanha no orçamento da viagem – principalmente com o câmbio tão desfavorável.

 

COMO COMPRAR O CITYPASS

Comprar o seu CityPass é fácil e você pode garantir o seu passe ainda aqui no Brasil, antes mesmo da viagem.

Nós recomendamos a compra através do WePlann – um site especializado na venda de passeios, tour e atividades ao redor de todo o mundo. O site é bastante confiável e dá pra comprar com tranquilidade e segurança.

A principal vantagem do WePlann é a combinação de valor justo e exclusivas formas de pagamento. O valor praticado por lá é o mesmo que você encontrará nos sites oficiais, no entanto, você pode escolher entre pagar o seu passe em dólares ou reais – podendo, inclusive, parcelar o valor final, em reais, em até 4 vezes no cartão de crédito.

Pagando em reais, você se livra do IOF e consegue diluir a despesa em parcelas antes mesmo da sua viagem – nada mal ficar com o limite do cartão e o saldo da conta bancária intocados no momento da viagem, né?

Por outro lado, se você preferir comprar o seu passe em dólares, o processo também tem suas vantagens. Você reserva o seu passe pelo WePlann aqui no Brasil e paga (e retira seu passe) somente quando chegar ao destino. Isso é possível pois o WePlann mantém uma parceria superbacana com as redes CVS Pharmacy e 7-Eleven – duas das maiores redes varejistas dos Estados Unidos. Se você já esteve por lá, certamente conhece… se não, pode ficar tranquilo. Apenas em Nova York são cerca de 200 endereços disponíveis… com certeza alguns deles estará próximo ao seu hotel.

Para comprar o seu CityPass no WePlann acesse: www.weplann.com.br

 

VALE A PENA MESMO?

A pergunta que muita gente faz é: vale a pena mesmo comprar um passe turístico? E a minha resposta é sempre a mesma: tudo vai depender do seu estilo de viagem e do roteiro que está disposto a realizar.

New York (Foto: WePlann | CC BY-SA 2.0)

A dica fundamental aqui é fazer as contas. Colocando na ponta do lápis quanto você gastaria caso visitasse as atrações individualmente, você consegue traçar um comparativo com o valor do passe e descobrir se haverá ou não uma vantagem financeira no seu caso.

Outro ponto a se levar em consideração é a possibilidade de furar as filas. Em algumas épocas do ano (como durante as férias) certos destinos tendem a ficar fervilhando e, claro, as filas para as principais atrações são gigantescas, tomando muito tempo da programação. Para mim, gastar pouco tempo em filas é fundamental em qualquer roteiro e, por isso, mesmo quando a vantagem financeira não é tão interessante, eu sempre opto pela compra dos passes turísticos.

 

 

* Este post contou com apoio de uma empresa que acredita no Imagina na Viagem e na qual também confiamos.

 

Leia Mais:

O que fazer em Nova York – Musical Aladdin
O que fazer em Nova York – Musical O Rei Leão
Melhores Outlets dos Estados Unidos

 

 

 

Post Anterior

New York Pass - Como funciona o passe turístico na Big Apple?

Próximo Post

Esta é a publicação mais recente.

Comentários

Deixe registrado seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *