Castello di Ugento – a hospedagem digna de realeza na paradisíaca Puglia

Poderia ser cenário de um conto de fadas, mas é melhor que isso, afinal é realidade pura. E com serviço cinco estrelas. O Castello di Ugento, na Puglia, é um daqueles hotéis que oferecem mais que uma opção em hospedagem, o que se vende ali é, na verdade, uma experiência.

Um castelo milenar, inteiramente renovado, equipado com o que há de melhor em termos de conforto e sofisticação, com um staff dedicado em fazer da sua estada digna de reis e rainhas. Tudo isso, cercado por cidades históricas, Patrimônios Mundiais e as mais belas praias da Itália.

Nas linhas abaixo, você descobre como é a experiência de hospedagem no Castello di Ugento, um daqueles hotéis que, por si só, valem uma viagem inteira.

CASTELLO DI UGENTO – PUGLIA

Desde que o Imagina na Viagem nasceu – e mesmo antes dele – a gente já viajou um bocado. Vivemos experiências fora do comum, visitamos dezenas de países, centenas de cidades, exploramos cenários que fazem o coração palpitar só pela lembrança e, verdade seja dita, conhecemos alguns dos melhores hotéis do mundo. Mas nunca, em anos de viagem, havíamos nos hospedado em um castelo. Não em um castelo de verdade.

Até que, montando nosso roteiro pelo sul da Itália, o Castello di Ugento, na Puglia, surgiu em minhas pesquisas. Na hora eu soube que a nossa viagem só seria completa se tivéssemos aquela experiência. Pois bem… se toda primeira vez é memorável, essa, sem sombra de dúvida, foi uma das mais inesquecíveis dentre todas elas.

Castello di Ugento © Imagina na Viagem

Deslumbrante, fantástico, formidável… há uma série de adjetivos perfeitos para descrever o Castello di Ugento. E eu juro que pensei em muitos deles logo nos primeiros minutos de nossa estada, ao adentrar o pátio principal do complexo pela primeira vez.

Sim, o Castello di Ugento é mais que um hotel. Trata-se de um verdadeiro complexo dedicado à cultura, gastronomia e hospitalidade. Dentro das muralhas – cuja história surpreendente eu contarei logo mais – há não apenas um luxuoso hotel cinco estrelas, como também um museu, um restaurante de alta gastronomia e uma das mais importantes escolas de culinária de toda a Itália. Um empreendimento visionário, onde o requinte e a sofisticação são hóspedes costumeiros.

Todo luxo e modernidade não são capazes de ofuscar, porém, a grandeza de sua história. E nem pretendem. Sábios foram Massimo d’Amore – cuja família mantém a propriedade do castelo desde o século XVII – e sua parceira, Diana Bianchi, os anfitriões do Castello. Em 2013, quando a grande obra de restauração do Castello di Ugento teve início, a dupla parece ter percebido que criar um ambiente atual e arrojado seria apenas mais do mesmo. Assim, fez questão de celebrar, em cada cantinho do complexo, cada uma de suas vastas memórias. E que sacada de mestre… se produtos de alta qualidade e equipamentos de última geração são imprescindíveis para todo bom viajante de luxo, desfrutar de tudo isso e, ao mesmo tempo, se sentir verdadeiramente em um autêntico castelo milenar é a experiência mais exclusiva que se pode pensar viver.

A HISTÓRIA DO CASTELLO DI UGENTO

Para entender a história do Castello di Ugento é preciso falar um pouquinho sobre a história da Puglia. No chamado calcanhar da bota, durante muitos e muitos anos a Puglia foi uma região bastante visada por diferentes povos que viam benefícios em sua localização estratégica – com saídas para o mar Jônico e Adriático. Assim, muitos deles lutaram por sua conquista ao longo dos séculos e vários obtiveram sucesso, ainda que por pouco tempo. Ali viveram messapianos – os habitantes locais –, seguidos por gregos, romanos, bizantinos, normandos, venezianos e diversos outros povos. Não é de surpreender que a região tenha herdado variadas influências e hoje acumule um rico patrimônio histórico.

O Castello di Ugento remonta à época dos messapianos – quando, acredita-se, ao alto de uma colina, servia de proteção a aldeia que o rodeava. Até onde se sabe, ele teria sido tomado e reconstruído mais tarde pelos gregos. E depois, no século XI, pelos normandos – os quais deixaram como herança uma torre circular cujas ruínas podem ser vistas por lá até hoje.

Castello di Ugento © Imagina na Viagem

Quase 600 anos mais tarde, mais precisamente em 1643, a propriedade – e toda a cidade feudo que se desenvolveu ao redor – foi concedida pelo rei a Dom Pietro Giacomo d’Amore. O castelo assumiu, então, ares de palácio em estilo alto barroco. Muito se viveu ali desde então e, durante séculos, partes importantes de sua memória estiveram enterradas pelo tempo. Foi apenas em 2013, quando teve início uma grande renovação da propriedade, que seu passado ganhou destaque. Hoje, quem caminha pelo Castello di Ugento encontra resquícios que remontam diversos momentos de sua longa história.

Partes de seu passado estão espalhados por diversos lugares da propriedade. Desde as fundações da torre normanda abaixo do restaurante – vistas por um incrível piso de vidro – até os lindos afrescos do século XVII que adornam o museu do castelo, passando pelo jardim datado do século XVIII. Um verdadeiro passeio pela história da Puglia e da Itália, que pode ser percorrido sem pressa – e aproveitado em seus mínimos detalhes – por aqueles que decidem passar alguns dias hospedados entre suas grandes muralhas.

OS QUARTOS

O hotel do Castello di Ugento possui apenas 9 suítes, sendo cada uma delas projetada individualmente. Nos projetos, há o claro objetivo de mesclar, harmonicamente, o antigo e o moderno. As cores claras, amplas janelas e luminosidade, fazem um contraponto exato com as pedras rústicas originais da construção. O mesmo acontece com a decoração. Peças modernas dos principais designers italianos – como Cassina, Poltrona Frau, Minotti, Ceccotti e B&B Italia – formam conjuntos perfeitos com antiguidades e achados vintage. Como o próprio hotel orgulha-se em garantir, é “o conforto do século XXI, nas paredes do século XVII”.

Castello di Ugento © Imagina na Viagem

Todos os quartos possuem ar condicionado com controle de umidade, janelas teladas, smart tv com tela plana, wi-fi gratuito de alta velocidade, cofre, grandes armários, cafeteira, chaleira e minibar. No banheiro (belíssimo, diga-se de passagem), há roupões e pantufas, secador de cabelos potente, espelho para maquiagem, além de um maravilhoso kit de amenities orgânicos da marca local “Essentia” – cuja linha é produzida à base de azeite de oliva. A única parte ruim é que a gente se apaixona e, quando acaba, não consegue comprar mais aqui no Brasil.

O que mais nos surpreendeu, no entanto, foi a impecabilidade. A verdade é que depois de tantos anos viajando e descobrindo hotéis por aí, temos os olhos treinados para encontrar erros, por menores que sejam. A maior parte deles, quase sem importância… a barra de uma cortina manchada, um abajur com mau contato, a pilha fraca do controle remoto. Coisas que talvez você nem perceba quando viaja e que, no geral, nem chegam a impactar na experiência da hospedagem. Coisas que dizem, basicamente, sobre o carinho e cuidado da equipe para com o empreendimento. Mas a gente vê. E foi chocante concluir que no Castello di Ugento não havia nada. É preciso destacar este empenho e esmero. Principalmente em se tratando de uma propriedade tão antiga.

E há ainda mais: alguns pequenos agradinhos e cuidados como serviço de “turn down” – quando há arrumação da cama à noite –, frutas frescas na chegada, cápsulas de café e itens do frigobar repostos sempre com agilidade, dentre outros. E por falar em frigobar, é relevante dizer que o consumo de qualquer um de seus itens é incluído nas diárias dos quartos, não gerando custo extra aos hóspedes.

SERVIÇO E INFRAESTRUTURA

Como bem já disse, o Castello di Ugento é, na verdade, um complexo. E, além de hotel, conta também com um museu e uma renomada escola de gastronomia. Abaixo você confere mais detalhes sobre ambos.

Museu do Castello di Ugento – Aberto aos hóspedes e a grupos de visitantes (mediante agendamento) o museu recebe exposições temporárias e revela detalhes sobre o passado da propriedade e da região. Não há uma grande coleção de mobílias ou artefatos, a graça ali está na arquitetura, nos afrescos e na história que eles contam. As grandes salas são lindíssimas, e é muito bacana ver o trabalho de restauração que já foi feito – e que continua sendo realizado – em cada uma delas. Em uma das salas, é possível ver, por exemplo, camadas sobrepostas de afrescos na parede, cada qual feita em um período diferente, com séculos de separação umas das outras – isso confirma a teoria de que o castelo passou por inúmeras mãos ao longo de toda sua história. Outro ponto alto da visita são os afrescos que adornam os tetos das salas. Encomendados pelos d’Amore no século XVII, eles celebram a história da família enquanto retratam personagens e momentos marcantes da mitologia. O destaque, na minha opinião, é a figura do pelicano que alimenta seus filhotes com pedaços do próprio coração – a cena simboliza o amor em seu último estágio e é também o brasão da família d’Amore. O passeio pelo museu não é completo sem uma passagem por seu terraço, de onde conseguimos avistar a cidade e um grande pedaço da região onde se encontra.

Centro de Culinária da Puglia – Comandado pela chef Odette Fada, o Centro de Culinária da Puglia funciona dentro dos muros do Castello di Ugento onde, antigamente, ficavam localizados os armazéns do castelo. Uma das mais importantes escolas de gastronomia da Itália, o CCP recebe desde hóspedes e grupos interessados em aulas rápidas sobre a culinária italiana, até turmas do renomado The Culinary Institute of America. Estes últimos, permanecem em Ugento de setembro a março, em programas de imersão total na gastronomia pugliese e italiana. Confesso que desde que soube dessa possibilidade, passar uma temporada estudando gastronomia no Castello di Ugento tornou-se um objetivo pro futuro. Imagina quão maravilhoso não deve ser.

Há ainda biblioteca, saleta de leitura, sala para reuniões e eventos, dentre outros espaços agradáveis que fazem de um passeio pelo castelo uma verdadeira surpresa. Na área externa, um jardim e horta do século XVIII ganhou toda a nossa atenção. Ali, as árvores mais antigas têm cerca de 200 anos – são duas romãzeiras. Aproximadamente 100 tipos de ervas e plantas foram reintroduzidos no jardim durante a renovação e hoje abastecem a cozinha do restaurante do castelo, bem como a escola de gastronomia que ali funciona. Há limoeiros, laranjeiras, amendoeiras, figueiras, caquizeiros, videiras, damasqueiras, ameixeiras, além de plantações de alecrim, lavanda, hortelã, tomates e incontáveis outras. O jardim está aberto aos hóspedes dia e noite, e é um lugar incrível para relaxar, ler um livro ou simplesmente apreciar a vida. Algumas espreguiçadeiras estão espalhadas pelo espaço e é uma delícia gastar tempo por ali.

Por fim, é preciso destacar o completo serviço completo de concierge que organiza atividades de forma personalizada para cada hóspede. Entre as possibilidades estão: aulas de culinária, tours guiados e privativos pela península de Salento – que incluem até mesmo acesso a palácios particulares –, visitas a fazendas produtoras de vinhos, azeites, mozzarellas ou burratas (com direito à degustação, claro!), passeios privados de bicicleta ou barco e ainda viagens de um dia até os principais destinos turísticos dos arredores, como Otranto, Leuca, Tricase, Castro e até Matera.

LOCALIZAÇÃO

O Castello di Ugento, como o nome revela, está localizado na pequena comuna de Ugento, em uma área denominada península de Salento, no extremo sul da região da Puglia, na Itália. Fica a cerca de 640km da capital, Roma, e a 200km da maior cidade da região e capital da Puglia, Bari.

A cidade é muito pequenina (são apenas 98km² de área e cerca de 10 mil habitantes) e tem aquela atmosfera gostosa de cidade interiorana. Com direito a pracinha central e igreja matriz, moradores que se conhecem pelo nome e crianças brincando livremente pelas ruas, sem qualquer tipo de preocupação. É daqueles lugares especiais onde o tempo parece passar mais devagar, onde todo mundo parece viver feliz. Também, pudera, numa cidade onde todos são comprometidos com a siesta – sério, a cidade realmente para depois do almoço e um cochilo é quase obrigatório – não há motivo para infelicidade.

É de se imaginar que uma cidade tão pequena não tenha uma oferta muito vasta de serviços. E é verdade. Mas há o básico e necessário – restaurantes, farmácias, supermercado, poliambulatório e outras facilidades. Além do mais, Ugento está cercada por outras cidades até as quais o deslocamento de carro leva cerca de 10 ou 15 minutos. E, nesse caso a oferta aumenta bastante.

Ugento é uma escolha excepcional para aqueles que desejam conhecer e apreciar a verdadeira – e quase intocada – vida do interior da Itália. Ao mesmo tempo, é também uma opção de base excelente para quem deseja curtir os destinos mais turísticos da península de Salento. Em poucos minutos de carro, é possível chegar até algumas das mais belas praias de toda a Itália, além de cidades cuja riqueza histórica é fantástica. Se o seu ideal de férias perfeitas inclui praias paradisíacas, uma porção de história e cultura, paz e tranquilidade ao final do dia e um hotel incrível, não há o que pensar: o Castello di Ugento é o destino perfeito.

CAFÉ DA MANHÃ E GASTRONOMIA

O café da manhã do Castello di Ugento é servido em sistema de buffet, no salão de seu restaurante – Il Tempo Nuovo. Ali, são priorizadas as frutas frescas, cereais, produtos integrais e iguarias típicas da região, como a mozzarella de búfala. Há ainda pães, iogurtes, sucos variados, doces e pratos quentes que podem ser preparados à demanda do hóspede.

Nos dias de sol, a refeição pode ser feita ao ar livre, sob grandes ombrelones dispostos no grande pátio principal da propriedade. Uma forma deliciosa de começar a manhã.

Castello di Ugento © Imagina na Viagem

O restaurante Il Tempo Nuovo também abre suas portas durante à noite, quando, sob comando do chef Tommaso Sanguedolce, volta-se à alta gastronomia. O ambiente é agradabilíssimo e muito aconchegante. Poucas mesas, luz baixa, teto arqueado preservando a estrutura original da propriedade e um piso de vidro através do qual podemos ver as ruínas da velha torre circular do século XI. Mas, apesar de belíssimo, é apenas o cenário para o verdadeiro show: ali a gastronomia é a personagem principal. Chef Tommaso é natural da Puglia e, apesar de jovem, teve grandes experiências em restaurantes fora da Itália – inclusive ao lado do estrelado chef irlandês Ross Lewis. O retorno a sua região de origem motivou a elaboração de pratos que celebram a culinária local e sazonal, sempre com escolhas arrojadas. Suas preparações são leves – o que dizer do sorbet de ervas? –, criativas, trazem ao paladar os sabores típicos da Puglia e apresentam-se como verdadeiras obras de arte no prato.

Castello di Ugento © Imagina na Viagem
o detalhe do piso de vidro sobre as fundações da torre circular.

No Il Tempo Nuovo não há menu fixo. Todos os dias o chef visita os melhores mercados da região e, de acordo com os produtos da época, prepara um novo “Menu del Giorno”. Uma experiência deliciosa e quase sempre surpreendente para quem opta pelas diárias em sistema de meia-pensão – quando, além do café da manhã, o jantar também está incluso.

Uma dica: apesar de todo o charme do salão, se você curte gastronomia, vale a pena reservar a chamada “mesa do chef” ao menos por uma noite. De frente para a moderna cozinha do restaurante, é possível acompanhar toda a preparação dos pratos e o trabalho da equipe. Demais, não?

Nossas diárias não incluíam a meia-pensão. Ainda assim, acabamos por jantar no Il Tempo Nuovo em todos os dias de nossa estada – no primeiro deles, pessoalmente convidados pelos queridos Diana e Massimo, ocasião na qual descobrimos que Massimo viveu por alguns anos em São Paulo e, inclusive, fala um pouquinho de português. Nossas noites no Il Tempo Nuovo não poderiam ter sido melhores. Nos sentimos em casa, na companhia de amigos e, verdade seja dita, experimentamos alguns dos melhores pratos dos quais temos lembrança.

NOSSO TOP 5 NO CASTELLO DI UGENTO

  • História – você já deve saber que eu amo hotéis com história, certo? Amo me hospedar em lugares que enaltecem o passado, lugares que contam enredos de outros tempos, que viram e viveram mais, muito mais do que a gente sequer consegue imaginar. Já me hospedei em muitos hotéis assim, afinal, são meus preferidos. Mas o Castello di Ugento certamente figura entre os melhores. Há um sem fim de modernidades na propriedade, é verdade. Mas em momento algum é possível esquecer os milhares de anos que correram sob aquelas pedras. A história do Castello di Ugento e, sobretudo, sua celebração, é um dos pilares mais importantes do empreendimento. É valorizada e produz um orgulho visível em seus proprietários e funcionários. E, como hóspedes, foi impossível não sair de lá também envolvidos por ela.
  • Conforto – pode parecer um baita de um clichê, mas é verdade: hospedar-se no Castello di Ugento é sentir-se como um verdadeiro rei ou rainha. Não se deixe enganar pela antiguidade da propriedade, apesar de preservar muito de seu aspecto original, a grande reforma trouxe modernidade e um nível de conforto que poucas vezes vi igual. Mesmo nos mais modernos hotéis onde já estivemos. Seja em sua estrutura ou serviço, tudo é pensado de modo a que você tenha senão os melhores, dias fantásticos em suas férias.
  • Equipe – é normal que um hotel com apenas 9 quartos produza um nível maior de intimidade entre seus hóspedes e a equipe. Todos se conhecem pelo nome, a gente se cruza várias vezes, troca sorrisos, inicia um bate-papo e logo é como se estivéssemos sempre entre amigos de longa data. Por vários momentos, nos sentimos como se fossemos convidados na casa de Massimo e Diana – sempre muito presentes, simpáticos, interessados e preocupados que tudo corresse de acordo (ou melhor) às nossas expectativas. O mesmo acontece com o resto da equipe. Saímos do castelo recheado de boas memórias, e muitas deles tem rosto e nome. Nosso muito obrigado especial à Diana e ao Massimo pela forma carinhosa e gentil com a qual nos receberam ao longo de nossa estada, e à Giulia, que nos levou para uma visita guiada pelo castelo e pelo museu – e demonstrou saber absolutamente tudo sobre a história da propriedade e sua restauração.
  • Il Tempo Nuovo – o restaurante do Castello di Ugento – e toda a experiência gastronômica que se vive ali – é, certamente, um dos pontos altos da estada. Ambiente agradável, pratos muito bem elaborados, saborosos, surpreendentes. Por fim, mas não menos importante, uma equipe atenta e cheia de simpatia. Ao Fabio, à Svetlina e ao chef Tommaso Sanguedolce, nosso muito obrigado.
  • Ugento – é verdade que a Itália tem destinos excepcionais e fico feliz por ter tido a oportunidade de explorar muitos deles ao longo dos últimos anos. Veneto, Lombardia, Toscana, Lazio, Campania, Basilicata… cada um tem seu charme e nos encantou por alguma, ou várias razões. E a Puglia entra fácil na briga pelo topo dessa lista. Um destino que consegue mixar praias paradisíacas, com história, cultura e gastronomia excepcional. Um destino para aproveitar com todos os sentidos. E Ugento revelou-se como uma excelente base pata tal. A cidade é uma fofura, com jeitinho e atmosfera de cidade do interior, próxima às melhores praias da região e a todos os pontos de interesse. De lá, conseguimos facilmente explorar boa parte do litoral, vimos o Jônico e o Adriático, e, no final do dia, tínhamos uma paz que poucas vezes vi igual, um céu único no mundo, como se as estrela brilhassem, todinhas, só para nós. Que lugar!

SERVIÇO

Castello di Ugento
Via Castello 13
Ugento – Italia
Tel: +39 333 914-2242

E-mail: reservations@castellodiugento.com

www.castellodiugento.com

* O Imagina na Viagem esteve no Castello di Ugento em sistema de parceria a fim de conhecer os serviços do estabelecimento e retratá-los nesta resenha. Prezando a credibilidade, todas as resenhas do Imagina na Viagem descrevem com fidelidade as opiniões pessoais da editora e não são passíveis de qualquer acréscimo e/ou alteração de valor ou conteúdo por parte de terceiros.

PLANEJE SUA VIAGEM E RESERVE AQUI!


Quando você faz uma reserva através de nossos links, nós ganhamos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ajuda o Imagina na Viagem a continuar produzindo conteúdo e trazendo dicas pra você! Então, o que tá esperando? Faça a sua reserva e nos dê uma força!


Post Anterior

Grand Hotel Parker's - a tradição do cinco estrelas mais antigo de Nápoles

Próximo Post

Le Alcove - um cinco estrelas singular nos trulli de Alberobello

Comentários

report this ad

Deixe registrado seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.