Uber em Paris – Vale a pena usar?

 

Dando sequência aos posts sobre a nossa última passagem por Paris, é hora de falar de deslocamentos pela cidade. E, nos últimos anos, ficou impossível falar sobre opção de deslocamento sem falar de Uber. E aí, será que Uber em Paris vale a pena? Como são os carros? Quanto custa? A economia é grande? E no aeroporto, pode pedir? O Imagina na Viagem testou e agora traz as respostas para essas e outras perguntas nesse artigo. Confira!

 


Procurando hotel em Paris? Dá uma olhada no que a gente escolheu! Tem vista pro Arco do Triunfo e pra Torre Eiffel e o custo-benefício é uma de suas maiores vantagens! Veja em: Hotel Splendid Étoile – Ou a room with THE view em Paris!


 

COMO SÃO OS CARROS DA UBER EM PARIS?

Os carros da Uber em Paris são divididos em 5 categorias: UberBERLINE, UberX, UberVAN, UberGREEN e UberPOOL.

O primeiro deles, o Berline é o “original”, é o nosso Uber Black daqui. Os carros são mais modernos, novos e o serviço, em tese, é mais exclusivo. Dentre todas as opções é a mais cara. Levam de 1 a 4 pessoas.

O UberX, também aos moldes do que estamos acostumados por aqui, trabalha com carros mais populares, mas nem por isso de qualidade ruim. Você vai ver muito Citroen C5 e Renault Laguna rodando pelo X. É a opção que, no nosso caso, apresentou o melhor custo-benefício. Levam de 1 a 4 pessoas.

O UberVAN tem uma proposta diferente pois, como o próprio nome sugere, a frota é composta por vans. Ideal para atender famílias e grupos, pois acomoda um maior número de pessoas e, embora tenha um valor similar ao Berline, quando dividido pelo número total de ocupantes fica bom custo-benefício. Levam de 1 a 6 pessoas.

O UberGREEN é assim chamado pois possui em sua frota apenas carros híbridos ou elétricos. A ideia, é claro, é incentivar a redução no uso de combustíveis não renováveis e a emissão de gases poluentes da atmosfera. No meu ponto de vista, de quem se preocupa com o meio ambiente, a ideia é absolutamente fantástica. A tabela de preços corresponde a tabela do UberX, no entanto a frota me pareceu menor e o tempo de espera era sempre um pouco longo. Com um número maior de veículos circulando e, consequentemente, com um tempo menor de espera, essa seria, sem dúvida alguma, a minha escolha sempre! Levam de 1 a 4 pessoas.

O UberPOOL também não é novidade para nós, brasileiros. Trata-se da opção mais barata da Uber, na qual você “divide” o carro, numa espécie de carona com pessoas desconhecidas. Você pode solicitar o UberPOOL para 1 ou 2 pessoas, no máximo.

 


Quer economizar nos passeios em Paris e de quebra furar fila nas entradas das atrações? O Paris Museum Pass pode ser uma excelente pedida! Confira todos os detalhes sobre este passe de descontos em: Paris Museum Pass – vale a pena mesmo?


QUANTO CUSTA ANDAR DE UBER EM PARIS?

Assim como o habitual no Brasil, as viagens de Uber em Paris podem ser mais baratas que os mesmos percursos feitos em táxis. Reparem bem, eu digo que elas “podem” ser, o que não significa que sempre serão.

Acontece que, assim como aqui, o Uber em Paris oferece uma gama de opções que variam em conforto, número de ocupantes, características do carro… e claro: custo!

Quem opta por viajar no UberX, por exemplo, garante alguma economia – em comparação com as viagens de táxi. Já quem escolhe viajar no Berline, encontrará um nível maior de conforto, mas, por outro lado, terá um custo similar ou até mesmo maior que os cobrados pelos taxímetros.

Para que você tenha uma ideia, dê uma olhada na tabela base dos táxis e de cada um dos serviços da Uber:

TAXIS

A tabela base dos táxis de Paris é reajustada a cada ano. Em 2017, quando estivemos por lá o preço base era de €3.83. Já a tarifa por quilometragem varia de acordo com horário e dia da semana, sendo:

€1.06 de Segunda a Sábado (exceto feriados) das 10h às 17h.
€1.29 de Segunda a Sábado (exceto feriados) das 17h às 10h / Domingo das 7h às 24h / Feriados (ao longo de todo o dia).
€1.56 Domingo das 0h às 7h.

E um detalhe importante: as corridas de táxis em Paris, diferentemente daqui, têm um valor mínimo. Ainda que o seu trajeto seja muito curto e que o taxímetro mostre um valor menor, o mínimo que você pagará em uma corrida será €7.

Por fim, se a sua preocupação é no deslocamento de e para os aeroportos, anota aí: as corridas de táxi entre os aeroportos (Charles de Gaulle e Orly) e a cidade, tem tarifas fixas, sendo:
CDG – Rive Gauche (margem esquerda do Sena: €55.
CDG – Rive Doitre (margem direita do Sena): €50.
Orly – Rive Gauche (margem esquerda do Sena): €30.
Orly – Rive Doitre (margem direita do Sena): €35.

(fonte: https://www.service-public.fr/)

UBER

UberX
Preço base: €1.20
Por minuto: €0.30
Por KM: €1.05
Preço mínimo: €6
Cancelamento: €6

UberBERLINE
Preço base: €5
Por minuto: €0.50
Por KM: €1.55
Preço mínimo: €15
Cancelamento: €10

UberVAN
Preço base: €5
Por minuto: €0.50
Por KM: €1.55
Preço mínimo: €15
Cancelamento: €10

UberGREEN
Preço base: €1.20
Por minuto: €0.30
Por KM: €1.05
Preço mínimo: €6
Cancelamento: €6

UberPOOL
Preço base: €0.80
Por minuto: €0.20
Por KM: €0.80
Preço mínimo: €5

 


Você sabia que um seguro médico é item OBRIGATÓRIO em todas as viagens para a Europa?
Se você ainda não contratou o seu, cote com a SegurosPromo – empresa parceira do
Imagina na Viagem – e evite perrengues nas suas férias!
Utilizando o cupom de desconto IMAGINANAVIAGEM5 você ainda
garante 5% de desconto na contratação do serviço!


 

A Uber também trabalha com tarifas fixas de a para os aeroportos. São elas:
CDG – Rive Gauche (margem esquerda do Sena: €50 (X e Green) / €80 (Berline e Van)
CDG – Rive Doitre (margem direita do Sena): €45 (X e Green) / €70 (Berline e Van)
Orly – Rive Gauche (margem esquerda do Sena): €35 (X e Green) / €50 (Berline e Van)
Orly – Rive Doitre (margem direita do Sena): €40 (X e Green) / €60 (Berline e Van)

Caso não saiba em qual margem do rio você ficará, recomendo que dê uma olhada na localização de seu hotel e compare com o a cola a seguir:

Rive Gauche e Rive Doitre - Paris. © Imagina na Viagem

 

Para ter uma noção real dos valores da Uber na prática, dê uma olhada nos recibos das corridas que fizemos na cidade:

COMO PAGAR O UBER EM PARIS?

Quando estivemos pela última vez em Paris, em Junho de 2017, as corridas do Uber só podiam ser pagas através de cartão de crédito. Ainda assim, como os valores eram sempre baixos, o IOF era mínimo e não fazia tanta diferença no orçamento.

ATUALIZAÇÃO (10/11/2017): em contato direto com a Uber da França, recebemos a informação de que o pagamento em dinheiro ainda não está liberado em Paris. De acordo com a empresa, até o momento, as únicas cidades francesas que aceitam esta modalidade de pagamento são Nice e Lille.

 

UBER EM PARIS VALE A PENA?

Na minha experiência, valeu a pena usar o UberX em Paris.

O Green, embora tenha valor similar ao X, me pareceu ter menos carros circulando e o tempo de espera era sempre maior do que estávamos dispostos a aguardar.

O UberVAN é certamente uma opção ótima para quem viaja “de galera” ou com família e precisaria de dois ou mais táxis por viagem. Principalmente nos deslocamentos de e para os aeroportos, quando é preciso espaço para as malas. Não era o nosso caso, estávamos em duas pessoas e não havia razão para utilizar o UberVAN.

Já o Berline me pareceu, pessoalmente, ter uma diferença tarifária significativa para uma diferença prática pequena. O UberX nos atendeu tão bem, com carros de boa qualidade e motoristas bem educados, que escolher o Berline soava como jogar dinheiro fora, sabe?

No meu caso, fiz algumas viagens na cidade e também o deslocamento entre o Charles de Gaulle e o nosso hotel (na Rive Doitre). Na prática, a economia pode ter sido pequena em relação aos táxis, mas a praticidade e segurança do aplicativo fizeram com que, no final das contas, o custo-benefício fosse ótimo.

É que para além da questão do valor, é preciso destacar a praticidade de todo o processo e a “não-necessidade” de comunicação com o motorista. Para quem não tem facilidade em se comunicar em outros idiomas, o Uber é, em qualquer lugar do mundo, uma mão na roda. O aplicativo, onde quer que você vá, continua rodando em português, obviamente. E, quando o motorista chega até você ele já recebe (no idioma dele!) todas as informações do seu destino, desobrigando qualquer conversa. Simples, né?
E ainda, se você não tem familiaridade com o mapa da cidade e tem medo de ser enganado (sim, isso acontece em outros lugares do mundo!), é uma segurança a mais saber, antes mesmo da corrida, quanto você pagará por ela e poder acompanhar o trajeto pelo aplicativo no seu celular.

É claro que se a sua busca é 100% por economia, o metrô e o RER continuam sendo a melhor opção em deslocamento. E mesmo o táxi pode ser mais barato às vezes. É preciso avaliar cada situação e fazer os cálculos.

Para nós – um casal que buscava aliar conforto, praticidade e valor justo – o UberX foi, sem dúvida, uma ótima opção.

 

COMO SOLICITAR UM CARRO?

Essa é uma pergunta comum e também a mais simples de responder: exatamente como você solicita aqui, no Brasil. O aplicativo rodando no seu celular é o mesmo. Você não precisa baixar um novo aplicativo ou mudar qualquer configuração.

Basta abrir o Uber como o habitual, definir o seu destino e marcar a sua posição atual no mapa, exatamente como faz quando pede um carro estando na sua cidade.

O aplicativo mostrará todas as opções disponíveis (POOL, X, VERDE, VAN e Berline) e o valor final da corrida em cada para cada uma delas. Daí é só selecionar qual opção você deseja e aguardar pelo motorista. (O processo só muda um pouquinho quando feito no aeroporto. Se esse é o seu caso, dê uma olhada no próximo tópico!)

Ao final da corrida, não esqueça de avaliar o motorista. Isso ajuda não apenas a Uber (que tem um controle de qualidade eficiente feito pelos clientes) como também as outras pessoas que, como você, utilizam o aplicativo.

SAINDO DO AEROPORTO CHARLES DE GAULLE DE UBER

Para solicitar um Uber no aeroporto Charles de Gaulle, o processo é um pouquinho diferente e mais detalhado. Nós pedimos o carro e foi supertranquilo e nas imagens abaixo estão os prints da tela do meu celular para que você já saia daqui sabendo direitinho como fazer.

Em primeiro lugar, você precisa definir o seu destino, informando o nome do seu hotel (caso você esteja indo para o seu hotel, claro!) ou o endereço dele. O aplicativo automaticamente detectará a sua localização atual no mapa, mas se porventura ele não o fizer, defina a origem como “Aéroport de Paris – Charles de Gaulle”.

Definidos origem e destino, o Uber lhe dará as opções disponíveis para sua viagem. No meu caso, optei pelo UberX. Observem que o valor final da corrida é informado já nesse momento. Clique em “SOLICITAR”.

 

Nas corridas normais, isso seria o suficiente. Nas corridas com origem no aeroporto, no entanto, é preciso fornecer detalhes mais específicos da sua localização.

A próxima tela pedirá que você selecione o terminal de partida, ou seja, o terminal do aeroporto onde você está e/ou onde deseja encontrar o motorista. No nosso caso, o terminal 1.

A depender do terminal selecionado, o aplicativo lhe fornecerá algumas opções de localização onde você poderá encontrar o seu motorista. No caso do terminal 1, a Uber só está autorizada a embarcar passageiros no andar de EMBARQUE / PARTIDAS (ou Departures, em inglês, como você vê na imagem). Naquele momento, a única opção de ponto de encontro era, então, Departures – Door 8.

O aeroporto é SUPER BEM SINALIZADO e foi muito fácil encontrar o local certo. Se o seu voo também chega no Terminal 1, anota aí: o andar de desembarque, onde todos os passageiros desembarcam, fica no nível 2 do aeroporto. É preciso pegar o elevador até o nível 5 (andar de embarque) e então procurar pelas saídas, como se você fosse embora mesmo. Cada uma das saídas é identificada com um número. A nossa era a 8.

Achou a sua saída? Conferiu o terminal e checou de está no andar correto? Agora é só clicar em “CONFIRMAR LOCAL DE PARTIDA” e aguardar o seu motorista.

 

Se você chega ao Charles de Gaulle por outros terminais, fique atento:

TERMINAL 1 – SAIR NO ANDAR DE EMBARQUE

TERMINAL 2A – SAIR NO ANDAR DE EMBARQUE

TERMINAL 2C – SAIR NO ANDAR DE EMBARQUE

TERMINAL 2D – SAIR NO ANDAR DE EMBARQUE

TERMINAL 2E – SAIR NO ANDAR DE DESEMBARQUE

TERMINAL 2F – SAIR NO ANDAR DE EMBARQUE

TERMINAL 2G – SAIR NO ANDAR DE DESEMBARQUE

TERMINAL 3 – SAIR NO ANDAR DE DESEMBARQUE

 

Nós não utilizamos o Uber em nenhum outro aeroporto de Paris, mas eu tendo a crer que o processo não deva ser muito diferente disso. Em todo caso, como você pode ver nas imagens, todas as instruções são fornecidas em português, então vá tranquilo que não tem como errar!

 

 

 

Post anterior

Hotel Splendid Étoile - Ou a room with THE view em Paris!

Próximo Post

Paris Museum Pass - vale a pena mesmo?

1 comentários

  1. Patricia kelly
    8 de julho de 2017 at 20:44 — Responder

    Olá,

    Mto útil o.post mas eu fiquei com uma dúvida . E possível pagar em dinheiro a corrida do uber em.paris ou apenas no cartão de crédito ?

    • 8 de julho de 2017 at 21:38 — Responder

      Oi Patricia, tudo bem?
      Por enquanto só é possível pagar as corridas no cartão de crédito mesmo.

  2. Elaine Domingues
    8 de agosto de 2017 at 02:13 — Responder

    Olá Marina!
    Adorei o post! estava com essas mesmas dúvidas e foi muito esclarecedor…Achei que teria que baixar o aplicativo do UBER, ainda bem que não, assim fica bem mais fácil.
    E como vocês fizeram com o celular logo que chegaram no aeroporto em Paris? Vocês compraram um chip lá mesmo para poder usar a internet e pedir o UBER? qual operadora e custos?
    Desde já obrigada pelas valiosas dicas!
    Bisou

    • 8 de agosto de 2017 at 12:48 — Responder

      Oi Elaine, tudo bem?
      Fico feliz por ter ajudado! 🙂 Sobre o aplicativo, você vai precisar ter o app do Uber normal, o que você já usa aqui mesmo!
      E sobre a internet no celular, nós já saímos daqui do Brasil com um chip internacional que usamos ao longo de toda a viagem.
      Utilizamos os serviços da Easysim4u (http://www.easysim4u.com) e os custos dependem da duração da sua viagem. Lá no site deles você pode simular e conferir o valor total. 🙂
      Eu é que agradeço a sua visita! 😀
      Bisous et bon voyage!

  3. silvana
    22 de agosto de 2017 at 21:14 — Responder

    Que legal Marina sua ajuda.
    Achei que ao selecionarmos a opçao em pagamento para dinheiro seria possivel pagarmos as viagens em euro sem precisa pagar no cartao e evitarmos assim iof etc.

    • 22 de agosto de 2017 at 21:48 — Responder

      Oi Silvana! Fico feliz por ter ajudado! 🙂
      Quando estivemos em Paris pela última vez, em Maio deste ano (2017), ainda não havia a possibilidade de fazer os pagamentos em dinheiro. O app nem disponibilizava essa opção… exatamente como quando o Uber começou aqui no Brasil, trabalhando apenas com cartões de crédito. Pode ser que, com o tempo, a exemplo daqui, essa funcionalidade passe a existir também por lá… seria ótimo!
      De qualquer forma, para corridas rápidas, os 6% de IOF não devem fazer uma diferença tão considerável, né? Acho que ainda assim ele segue sendo uma boa opção! 🙂

  4. Kk Cordeiro
    31 de agosto de 2017 at 01:54 — Responder

    Adorei o seu blog!! estou com uma duvida! nas corridas de taxi normal o preço é fixo de 50 euros, correto? posso pagar em dinheiro?? no meu caso ficarei proximo ao Metro Mairie de Clichy. Não é dentro da zona turistica. Mesmo assim o valor é tabelado de 50 euros?? vc sabe me responder?? e aonde eu pego o taxi no aeroporto?? é na saida do terminal 1? irei de Air france. Se puder me ajudar te agradeço muito!! estou indo semana que vem! dia 06 de setembro!! ia pegar o RER mais desisti! irei com 2 tias idosas…então quero evitar perrengues!! rsrsr obrigada.

    • 31 de agosto de 2017 at 03:14 — Responder

      Oi Karina, tudo bem? 🙂

      Como te respondi lá na fanpage do Imagina, fui pesquisar sobre a sua dúvida e o que descobri é que as tarifas fixas dos táxis são realmente apenas para Paris. Clichy é uma “comuna” que, embora coladinha em Paris, fica em outro departamento (Hauts-de-Seine).

      No site do aeroporto CDG, eles “estimam” o valor do táxi para aquela região entre 50 e 70 euros (você pode conferir aqui, ó: http://www.parisaeroport.fr/docs/default-source/passager-fichiers/acces/forfaits-taxis-cdg.pdf?sfvrsn=2 )

      Sobre os pontos de táxis… existem vários. Você chegará pelo Terminal 1, certo? No Terminal 1, o ponto de táxi fica na saída 24, no andar de “Arrivals” – bem no andar onde você desembarca mesmo. 🙂

      De qualquer forma, é muito fácil se guiar pelas placas. O aeroporto é suuper bem sinalizado e as placas indicam direitinho onde você encontrará os táxis!

      No mais, viajando com idosos, eu recomendo que você opte mesmo por uma opção mais confortável e prática. Táxi, Uber ou ainda um serviço de transfer.
      As estações de metrô e RER por lá costumam ser muito grandes (se anda muito), e com quase nada de acessibilidade. Poucas delas contam com elevador, por exemplo. E levar as malas pelas escadas ou escadas rolantes pode ser uma tarefa um tantinho complicada pras suas tias. 😞

      Vou ficar na torcida para que a viagem seja linda e que vocês três curtam muito juntas! 😉

  5. ligia
    31 de agosto de 2017 at 15:59 — Responder

    Estou indo a Paris em novembro, o aeroporto que vamos chegar é o Orly, quanto a ir de metro ,podes me informar o horário de funcionamento?
    Para o Hotel Best Western Eiffel Cambronne , qual a melhor opção para se chegar lá, levando em consideração economia.
    Grata

    • 31 de agosto de 2017 at 18:45 — Responder

      Oi Ligia, tudo bem?
      O metrô de Paris funciona, geralmente, das 5h30 à 1h15, mas o horário do último trem varia de acordo com o dia da semana e de estação pra estação.
      Eu sugiro que você baixe o aplicativo “Next Stop Paris” (tem para Android e iPhone) criado pela RATP, a empresa que controla os transportes públicos da região.
      O app é em português e nele você pode simular o seu trajeto e comparar as opções possíveis no que diz respeito ao valor e duração do percurso.
      Boa viagem e aproveite Paris! 😉

  6. Ana Maria Guimaraes
    12 de setembro de 2017 at 12:52 — Responder

    Parabéns Marina, você é especial!

  7. Maria
    5 de outubro de 2017 at 16:22 — Responder

    Ola, Marina.
    Você comprou o chip internacional para ser usado em Paris, aqui no Brasil ou vc já tinha algum? Os chips tem validade? Um chip comprado em Portugal pode ser usado na França?

    • 6 de outubro de 2017 at 23:39 — Responder

      Oi Maria, tudo bem?
      Nessa viagem eu já saí do Brasil com um chip da Easysim4you. O plano era válido em todos os países por onde passamos e por todo o período da minha viagem.
      Hoje em dia, algumas operadoras locais – como a Orange e a Vodafone – já oferecem planos de internet sem custo adicional pelo roaming. Então, sim, um chip comprado em Portugal, pode ser usado também na França, sem que você tenha que pagar qualquer taxa adicional por isso.
      Espero ter ajudado!
      Boa viagem!! 😉

  8. Rodrigo
    8 de outubro de 2017 at 20:52 — Responder

    Oi Marina, parabéns pelo seu post. Muito esclarecedor e cheio de informações importantes. Chegaremos em Paris no dia 1 de novembro no aeroporto de Orly e vamos ficar hospedados no Pavillon Nation Hotel (sinceramente não sei te dizer em que lado do Sena fica, rs). Estamos indo em um grupo de 4 + 1 (meus pais + eu e minha esposa + meu filho de quase 2 anos). Tenho algumas dúvidas e gostaria de saber se vc tem como me ajudar. Vamos lá:
    – Meu filho conta como 1? Tipo, o UBER é de 1-4 passageiros. Na minha situação, só poderia então pegar o UberVAN?
    – Em viagens com ele de Uber os motoristas exigem o assento para bebê, ou fazem vistas grossas como aqui no Brasil?
    – Estamos considerando a possibilidade de ir ao Parc Asterix de Uber. Simulei aqui no aplicativo ainda no Brasil e daria algo em torno de 52 euros. Minha dúvida é se em caso de haver pedágios na estrada, como funciona o Uber? Vc conhece alguem que já teve experiencia parecida?
    Desde já muito obrigado pelas dicas!
    Abraço

    • 9 de outubro de 2017 at 16:38 — Responder

      Oi Rodrigo, tudo bem?

      Fico muito feliz por saber que gostou do post! 🙂
      Bom, vamos lá… é difícil pra mim responder aos teus questionamentos uma vez que nunca viajamos com crianças. 🙁

      Mas, fui pesquisar com amigos que já passaram pela situação e em alguns sites e fóruns na web… O que descobri nestas pesquisas é que existem sim motoristas de Uber que aceitam levar o bebê sem a cadeirinha (experiência de uma amiga), como também existem aqueles que negam a corrida (conforme relato nesse fórum, em francês: https://www.uberzone.fr/index.php?threads/ceux-qui-se-pointent-avec-un-b%C3%A9b%C3%A9.1843/page-3) .
      A própria Uber já lançou o serviço UberFamily em alguns lugares do mundo, mas infelizmente, esta ainda não é uma realidade em Paris (como você pode ver nesta discussão no Facebook da empresa, em francês: https://www.facebook.com/UberFrance/posts/1076882812387668).

      Quanto ao número de passageiros, se você for considerar que o bebê teria um assento próprio, sim, ele contaria como um passageiro.
      Mas, de qualquer forma, acredito que, ao menos para o trajeto de e para o aeroporto, um único carro de passeio para vocês 5 seria um pouco complicado em razão do volume das bagagens.

      Sobre os pedágios, eles são acrescidos ao valor final da sua corrida, exatamente como aqui no Brasil.
      Você pode ler mais aqui ó: https://help.uber.com/fr/h/776390a5-b197-412a-98c4-011c85799dc1

      Por último, dei uma olhadinha aqui e o seu hotel fica na Rive Doitre (a margem direita – ou Norte – do Sena). 🙂

      Sinto muito por não ter podido ajudar mais… talvez, se você entrar em contato diretamente com a Uber, possa ter respostas mais precisas para as suas dúvidas! Eles costumam atender a estas questões através do Facebook ou Twitter! 😉

      Fico torcendo para que a sua passagem por Paris seja ótima e que todos vocês, incluindo o baby, divirtam-se muito!
      Boa viagem! 😉

  9. Uandson
    15 de outubro de 2017 at 17:54 — Responder

    Olá
    Estou em Paris e o Uber já está aceitando pagamento em dinheiro.

    • 16 de outubro de 2017 at 00:00 — Responder

      Olá Uandson, tudo bem?
      Que excelente notícia! Agora, sem as taxas do cartão de crédito, passa a ser ainda mais vantajoso, né?
      Muito obrigada pela sua contribuição… vou atualizar o post agorinha mesmo!
      Aproveite seus dias por aí!

    • 10 de novembro de 2017 at 17:34 — Responder

      Oi Uandson, tudo bem?

      Entramos em contato diretamente com a Uber da França e apesar do seu relato, até o momento (10/11/2017), a empresa não confirma estar aceitando pagamentos em dinheiro em Paris. Segundo a Uber da França, pagamentos em dinheiro são aceitos, atualmente, apenas nas cidades de Nice e Lille. Estou atualizando o post agora com as informações oficiais dadas pela empresa! 😉

      Abraços.

  10. michelle
    28 de outubro de 2017 at 11:45 — Responder

    Maravilhoso o post, muito obrigada pelas informações, salvou nossa viagem.

    • 29 de outubro de 2017 at 01:19 — Responder

      Imagina, Michelle… Eu que agradeço pela visita.
      Fico muito feliz por poder ajudar e espero que tenham gostado de Paris! 🙂

  11. hilton dominczak
    30 de outubro de 2017 at 13:56 — Responder

    Olá Marina, valiosíssimas suas informações. Eu e meu filho vamos de Madrid a Paris dia 04/12/17, desembarcando no CDG às 23h, horário em que não tem mais trem circulando. Vamos utilizar o Uber para chegar ao hotel, e suas informações facilitaram muito nossa vida. Parabéns pelo seu trabalho!

    • 30 de outubro de 2017 at 16:46 — Responder

      Oi Hilton!
      Obrigada por seu comentário. A intenção é mesmo ajudar! 🙂
      Espero que façam uma boa viagem e aproveitem Paris ao máximo!

  12. Luciano
    5 de novembro de 2017 at 15:53 — Responder

    Oi,Marina!
    Simplesmente,amei tudo que li!
    Pretendo viagem pra maio/2018
    Abraços!

    • 10 de novembro de 2017 at 16:44 — Responder

      Oi Luciano!
      Que bom!! Fico feliz por ter ajudado!
      Espero que a sua viagem seja ótima e que o tempo passe voando até Maio! 🙂

  13. Miguel Antônio
    9 de novembro de 2017 at 01:55 — Responder

    Olá,
    Eu cheguei em Paris ontem (dia 08/11) pelo Aeroporto Charles de Gaulle e tentei pedir uber com pagamento em dinheiro, mas o app avisou que ainda não aceitava essa forma de pagamento. Então tive que pedir no cartão (estou em um grupo de seis pessoas e pedi uber Van). Meu trajeto foi do aeroporto até um hotel na avenida daumesnil e o valor da viagem foi de 70 euros.

    • 10 de novembro de 2017 at 17:49 — Responder

      Oi Miguel, tudo bem?

      Agradeço muitíssimo por sua contribuição!
      Havíamos recebido a notícia, através de um leitor, que os pagamentos em dinheiro já estavam liberados em Paris. Confiamos e atualizamos o post com base neste relato.
      Após receber seu comentário, fomos checar a questão diretamente com a Uber da França.
      De fato, a empresa não confirma que os pagamentos em Paris já estejam sendo feitos em dinheiro. Segundo a informação oficial, as únicas cidades francesas que já trabalham com este tipo de pagamento são Nice e Lille.
      Estou atualizando o post de acordo com as informações oficiais e, mais uma vez, agradeço por ter tirado alguns minutinhos da sua viagem para avisar-nos. 🙂

      E sobre o preço da sua corrida… 70 euros é, conforme a gente indica no texto, o valor de tabela do Uber Van para viagens entre o CGD e a Rive Doitre, onde está localizada a Avenida Daumesnil. Então, neste caso, tudo dentro do esperado! 😉

      No mais, espero que tenha uma excelente experiência em Paris!
      E mais uma vez, muito obrigada por sua contribuição!

  14. Leidiane
    12 de novembro de 2017 at 17:59 — Responder

    Olá! Seu blog foi um achado! Vou a Paris em fevereiro e tenho uma dúvida, queria sua opinião! Meu voo sai às 6:30 da manhã, vou ter que sair umas 4:00 da manhã do hotel. Tem como pedir Uber nesse horário? Comecei a usar o Uber a pouco tempo e fiquei com essa dúvida. Li que é complicado pedir táxi.

    • 13 de novembro de 2017 at 15:46 — Responder

      Oi Leidiane, tudo bem?

      Então… o aplicativo da Uber funciona 24h por dia, 7 dias por semana. Teoricamente, você poderia sim solicitar um carro neste horário.
      No entanto, pessoalmente, acho um pouquinho arriscado. A coisa funciona assim: no momento que você solicita a corrida, todos os motoristas disponíveis que estejam circulando naquela região são avisados e podem aceitar ou não a sua solicitação. Com um número menor de motoristas nas ruas fica difícil garantir que, às 4h da manhã, você encontrará alguém livre nas redondezas. Pode ser que encontre, pode ser que não… e como a gente está falando de uma corrida para o aeroporto, eu não me sentiria confortável em arriscar.

      Uma alternativa que pode ser interessante é utilizar o serviço de agendamento da Uber. Não agendei corridas quando estive em Paris e confesso que sei pouco a respeito… mas dei uma pesquisada por aqui e parece que o serviço está sim disponível na cidade. Você pode descobrir mais a respeito em: https://www.uber.com/info/planifier-votre-course/.
      Esta página é oficial da Uber da França e ensina o passo a passo para agendamento de corridas por lá.

      Uma outra alternativa é entrar em contato diretamente com o seu hotel e verificar se eles oferecem serviço de transfer para o aeroporto. Neste caso, o próprio hotel pode agendar um motorista pra você… e é provável que o valor seja um pouquinho maior, mas com certeza vai te trazer bem mais tranquilidade.

      Espero que você faça uma excelente viagem e que seus dias em Paris sejam incríveis!! 🙂

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *