Início»Dicas»Comportamento»7 formas de tornar sua viagem inesquecível!

7 formas de tornar sua viagem inesquecível!

Memória Viagem Face

Qualquer viagem de turismo é sempre inesquecível. Conhecer lugares novos, revisitar lugares que gostamos, encontrar amigos distantes… Sempre existe uma razão pela qual aqueles dias estarão sempre na nossa memória. Para quem – como eu – é apaixonado por viagens, essa afirmativa é ainda mais certeira. Não existe uma viagem que eu tenha feito que não tenha me marcado de alguma forma. Os passeios à beira do Sena no outono em Paris, o pôr-do-sol estonteante da Casapueblo no Uruguai, as construções imponentes de Viena, o clima místico de Praga, cada cidade, cada momento, cada descoberta… Lembranças que vou guardar comigo para sempre e que – para mim – valem mais do que qualquer bem material.

E se você, assim como eu, adora relembrar suas jornadas dá uma olhada na seleção que a gente fez com 7  formas de tornar sua viagem (ainda mais) inesquecível.

 

1. Aromas

© Dollar Photo Club

Você com certeza já deve ter passado por alguma situação na qual ao sentir um perfume relembrou um momento do passado. Tem o cheiro do bolo da casa da vó, o perfume que ele/ela usava no primeiro encontro, o cheiro de mar daquelas tardes no litoral… E porque não fazer da memória olfativa uma aliada na hora de relembrar suas viagens? Que tal incluir na sua bagagem algumas essências aromáticas e pingar algumas gotinhas na roupa de cama do hotel? Dormir sentindo aquele cheirinho certamente fará com que seu cérebro crie uma associação entre o perfume e a viagem e, sempre que você sentir aquele cheiro de novo – proposital ou aleatoriamente – você vai lembrar daqueles momentos.

 

2. Fotografias

© Dollar Photo Club

Esse já é um hábito bem batido… Difícil encontrar uma pessoa que não fotografe as viagens que faz. Mas, com o advento das máquinas fotográficas digitais, ficou difícil encontrar quem ainda mande revelar essas fotos. Embora os arquivos digitais sejam muito mais práticos, vamos combinar, os álbuns fotográficos eram muuuuito mais legais! Mostrar as fotos para as visitas, folhear o álbum num momento a toa, relembrar momentos, reviver histórias. Tudo isso hoje está perdido entre centenas de pastas, programas… Preso atrás de uma tela de computador! Então porque não escolher, a cada viagem, as fotos mais legais e mandá-las para a revelação? Preencher os porta-retratos com as imagens da viagem mais recente também é uma boa ideia. Agora, se você não abre mão do digital e acha que as fotos em papel são mesmo coisa do passado, vale ao menos enfeitar a sala com um porta-retrato digital e deixar suas viagens rolando ali… Acordar e ver um pedacinho daquele passeio legal vai fazer do seu dia muito mais prazeroso!

 

 

3. Amizades

© Dollar Photo Club

Fazer amigos é sempre uma delícia. Mas mais legal ainda é fazer amigos durante uma viagem. Amigos alemães são sempre uma excelente desculpa para revisitar a Alemanha… Amigos italianos – que você conheceu na Argentina – são o motivo ideal para planejar aqueles dias na Itália. Amigos franceses… Bom, a França nunca precisa de razão para fazer parte do roteiro! Rs… E se já não bastasse os motivos citados acima, os amigos são o seu melhor backup de memórias de viagem! As pessoas com as quais você divide as histórias engraçadas, os perrengues… Aqueles que vão – anos depois – te causar saudade e alegria ao recordar aquele dia em que vocês se perderam no caminho de volta para o hotel e que você já nem lembrava mais.

 

4. Músicas

© Dollar Photo Club

Lembro que há uns 12 anos atrás fiz uma viagem de navio com meus avós. Dormíamos todos na mesma cabine. E, dias antes da viagem, na hora de arrumar minha mala lembrei de acrescentar um discman e alguns cds a fim de evitar os roncos dos “véios” pela madrugada. Eu tinha, naquela época, um cd preferido… Era um cd do Cidade Negra, acústico, super legal e com um repertório que eu adorava. Assim sendo, ainda que eu tivesse comigo vários outros cds na mala, era só esse que eu ouvia a noite. Dormia com os fones no ouvido, acordava de manhã – ainda com os fones – com o discman acusando o término do disco. Foi assim todos os dias… Hoje, querendo ou não, todas as vezes que escuto qualquer uma das músicas daquele cd é impossível não lembrar daqueles dias no navio! Rs… É claro que você não precisa ser psicótico como eu e ouvir as mesmas músicas todos os dias (hahaha), mas criar uma playlist exclusiva daquela viagem pode ser bastante interessante. Aquela trilha sonora pode embalar seus voos, seu sono, suas caminhadas… E certamente ficará marcada para sempre como “o som daquela viagem”!

 

5. Sabores

© Dollar Photo Club
© Dollar Photo Club

Experimentar novos sabores também pode ser uma excelente forma de recordar aquela sua viagem com o passar dos anos. Aquele queijo que você descobriu em Paris, o vinho que provou pela primeira vez em Roma, aquele chocolate belga que te fez revirar os olhos ou o folheado de banana que marcou a passagem por Berlim… Como voltar de uma viagem à Argentina e não morrer de saudade do doce de leite, do alfajor? E como não morrer de amores quando o tal alfajor começa a ser vendido na esquina da sua casa? É como se tocasse um tango sempre que eu passo em frente a loja… Rs!

 

6. Itens de decoração

© Dollar Photo Club

Conheço muita gente que não viaja sem trazer alguma coisinha para casa (eu!). Pode ser um imã de geladeira, uma miniatura de algum ponto turístico, uma caixinha de jóias ou mesmo uma gravura legal para emoldurar e colocar na parede. Ter pedacinhos do mundo em casa com certeza é algo que te faz lembrar todos os lugares pelos quais você já passou e tudo o que viveu neles. Além de ser também uma excelente forma de dar vazão aos impulsos consumistas durante a viagem!

 

 

 

7. Histórias, histórias e mais histórias

© Dollar Photo Club

Contar é reviver. Falar sobre as suas experiências e narrar suas jornadas é sempre a melhor forma de mantê-las vivas na memória. É claro que ninguém que ser aquele chato que vive de falar das próprias viagens, mas sempre que houver a oportunidade vale dar aquela dica de um passeio legal que você fez, recomendar o hotel bom e barato em que você se hospedou, discutir os eventos históricos sobre os quais você ouviu naquela visita ao museu e, sobretudo, repassar tudo o que você aprendeu ao redor do mundo…

 

 

Que tal começar agora?

Post anterior

Viajando na Litorina de Luxo - Serra do Mar Paranaense

Próximo Post

Mil e uma dicas da Europa vindo por aí...

Sem comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *